settings icon
share icon
Pergunta

O que significa vigiar e orar?

Resposta


Jesus usou a frase vigiar e orar em algumas ocasiões diferentes. Uma vez foi a noite antes da crucificação. Jesus levou Seus discípulos com Ele para o Jardim do Getsêmani, onde orou para que “se possível, que passe de mim este cálice” (Mateus 26:39). Após a oração, Ele encontrou Seus discípulos dormindo. Jesus ficou triste por não poderem orar com Ele por uma hora e os advertiu: “Vigiem e orem, para que não caiam em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca” (Mateus 26:41).

Outra ocorrência da frase vigiar e orar é encontrada no início do ministério de Jesus quando Ele profetizou sobre o fim dos tempos. Lucas, capítulo 21, detalha muitos desses eventos, e Jesus avisa que aconteceriam de repente: “Tenham cuidado para não acontecer que o coração de vocês fique sobrecarregado com as consequências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vocês repentinamente” (Lucas 21:34). Ele então diz: “Portanto, vigiem o tempo todo, orando, para que vocês possam escapar de todas essas coisas que têm de acontecer e para que possam estar em pé na presença do Filho do Homem” (versículo 36).

“Vigiai e orai.” A palavra traduzida como “vigiar” significa “ter a vigilância de um guarda à noite”. Um vigia noturno deve ser ainda mais vigilante do que um guarda diurno. Durante o dia, o perigo muitas vezes pode ser visto à distância. Entretanto, à noite tudo é diferente. Um vigia noturno deve usar outros sentidos além da visão para detectar o perigo. Ele está muitas vezes sozinho na escuridão e sem as defesas que de outra forma empregaria. Pode não haver indícios de ataque inimigo até que aconteça, então ele deve estar hipervigilante, suspeitando de um ataque a qualquer momento. Esse é o tipo de vigilância de que Jesus falou.

Jesus nos advertiu que somos facilmente distraídos pelo físico e seremos pegos de surpresa se não nos disciplinarmos continuamente. No Jardim do Getsêmani, a sonolência tomou conta dos discípulos. Sua necessidade física sobrepujou o seu desejo de obedecê-lO. Cristo ficou triste quando viu isso, sabendo o que estava por vir para eles. Se não permanecessem espiritualmente vigilantes, em sintonia com Ele (João 15:5) e prontos para negar a carne, seriam vencidos pelo maligno (1 Pedro 5:8).

Os discípulos de Jesus hoje também devem vigiar e orar. Somos facilmente distraídos por este mundo, nossas necessidades e desejos carnais e os esquemas do inimigo (2 Coríntios 2:11). Quando tiramos nossos olhos de Jesus e de Seu breve retorno, nossos valores começam a mudar, nossa atenção vagueia e logo estamos vivendo como o mundo e dando poucos frutos para o reino de Deus (1 Timóteo 6:18-19). Ele nos advertiu que devemos estar prontos a qualquer momento para estar diante dEle e prestar contas de nossas vidas (Romanos 14:12; 1 Pedro 4:5; Mateus 12:36).

“Vigiai e orai.” Só podemos permanecer fiéis quando nos dedicamos à oração. Na oração, continuamente permitimos que Deus nos perdoe, nos purifique, nos ensine e nos fortaleça para obedecê-lO (João 14:14). A fim de vigiar, devemos orar por perseverança e liberdade de distrações (Hebreus 12:2; Lucas 18:1; Efésios 6:18). Devemos orar sem cessar (1 Tessalonicenses 5:17). Quando vivemos com a ansiosa expectativa da volta do Senhor e esperamos perseguição até então (2 Timóteo 3:12; Mateus 24:9; 1 Pedro 4:12), é mais provável que mantenhamos nossas vidas puras e nossos corações prontos para Ele.

English



Voltar à página principal em português

O que significa vigiar e orar?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries