Existe uma situação em que seja apropriado tirar de contexto um único versículo da Escritura?


Pergunta: "Existe uma situação em que seja apropriado tirar de contexto um único versículo da Escritura?"

Resposta:
Usar uma passagem das Escrituras fora do contexto pode levar a erros e mal-entendidos, mas nem sempre. Citar um único versículo, é claro, tira-o do contexto, mas isso não significa necessariamente que o versículo esteja sendo mal utilizado. Alguns versículos "fora do contexto" revelam uma verdade independente; outros requerem uma consideração de seu contexto para serem interpretados e aplicados apropriadamente.

Muito do que é certo ou errado em citar um único versículo depende da intenção do orador ou do escritor. Se um único versículo, fora do contexto, for usado para sugerir algo diferente do significado pretendido pelo autor bíblico ou para ignorar a intenção geral da passagem, então é um uso desonesto desse versículo. Mas se citar um único versículo deixa intacto o significado original e respeita a intenção da passagem, então é bom e apropriado citá-lo. Obviamente, os versículos podem ser mal utilizados mesmo sem más intenções, então devemos ter cuidado.

Um exemplo de uso indevido de um versículo fora do contexto é citar as palavras de Jesus em Lucas 12:19, "descanse, coma, beba e aproveite a vida", como a Sua filosofia geral de vida. O contexto, no qual Jesus conta uma parábola, ensina exatamente o oposto do que essas palavras sugerem. Como o contador da história, Jesus está colocando palavras na boca de um homem rico tolo, um personagem que recebe o julgamento de Deus por viver aquela filosofia hedonista.

Um outro exemplo do uso indevido de um versículo é citar a primeira parte de Habacuque 2:15 para condenar o ato de dar álcool a alguém: "Ai daquele que dá ao seu companheiro vinho misturado." Ao usar este versículo para dizer que é errado dar ao próximo uma bebida alcoólica, a pessoa que o cita está distorcendo as Escrituras. O resto do versículo contém qualificadores: ""Ai daquele que dá ao seu companheiro vinho misturado com o seu furor, e que o embebeda para lhe contemplar a nudez!" (ênfase adicionada). Os pecados aqui são embriaguez, voyeurismo, luxúria e exploração sexual. Além disso, um exame do contexto de Habacuque 2:15 revela que dar álcool é uma metáfora para os pecados nacionais da Babilônia.

Nos dois exemplos anteriores, é óbvio que certos versículos (ou partes dos versículos) não podem ser independentes e ensinar uma lição. Um estudante da Bíblia "que maneja bem a palavra da verdade" terá o cuidado de evitar tais armadilhas interpretativas (2 Timóteo 2:15).

Mas nem todos os versículos se distorcem ao serem retirados de seus contextos. Há casos em que podemos usar um único versículo ou mesmo uma parte de um versículo por si só e ainda fazer justiça à intenção divina. Por exemplo, se estamos tentando dizer a alguém que a salvação é um presente de DEUS, podemos usar João 3:16: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." Este é definitivamente um versículo independente. Diz claramente o que diz, e mesmo uma compreensão superficial desse versículo por si só pode levar alguém a crer de acordo com o contexto de João 3.

Em resumo, citar uma única Escritura "fora do contexto" pode ser bom às vezes; outras vezes, é problemático. Se o nosso uso de um versículo, sem contexto, sugere um significado diferente do que a passagem mais ampla garante, então está errado. Sempre que lemos ou ouvimos alguém usando um único versículo isoladamente, é bom conectá-lo de volta em sua passagem original para ver se ainda se encaixa com sua interpretação designada.

English


Voltar à página principal em português

Existe uma situação em que seja apropriado tirar de contexto um único versículo da Escritura?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana