O que é a teologia do processo?


Pergunta: "O que é a teologia do processo?"

Resposta:
A teologia do processo baseia-se na filosofia de que o único absoluto que existe no mundo é a mudança. Portanto, Deus também está mudando constantemente. A Bíblia afirma claramente que a teologia do processo é falsa. Isaías 46:10 é inequívoco em relação à soberania e natureza imutável de Deus: “que desde o princípio anuncio o que há de acontecer e desde a antiguidade, as coisas que ainda não sucederam; que digo: o meu conselho permanecerá de pé, farei toda a minha vontade.” Jesus Cristo, a segunda Pessoa da Trindade, é igualmente imutável: “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre” (Hebreus 13:8). A Bíblia é clara que Seus planos não mudam de acordo com os caprichos dos homens (Salmos 33:11). Em Cristo “não pode existir variação ou sombra de mudança” (Tiago 1:17). Entretanto, a teologia do processo não considera a Bíblia como sendo inspirada ou a nossa autoridade final.

A Bíblia expressa muitos atributos, qualidades e características de Deus. Estes incluem Sua santidade (Isaías 6:3; Apocalipse 4:8); soberania (1 Crônicas 29:11; Neemias 9:6; Salmo 83:18; Isaías 37:20); unidade (Deuteronômio 6:4); onipresença (Salmo 139:7-10); onisciência (Jó 28:24; Salmo 147:4-5); onipotência (Jó 42:1-2); auto-existência (Êxodo 3:14; Salmo 36:9); eternidade (Salmo 90:2; Habacuque 1:12); imutabilidade (Salmo 33:11; Tiago 1:17); perfeição (Deuteronômio 32:3-4); infinitude (Jó 5:9; 9:10); verdade (Deuteronômio 32:4; Salmo 86:15); amor (1 João 4:8, 16); retidão (Salmos 11:7; 119: 137); fidelidade (Deuteronômio 7:9; Salmos 89:33); misericórdia (Salmo 102:17); graciosidade (Êxodo 22:27; Neemias 9:17, 31; Salmo 86:15; 145:17); justiça (Salmo 111:7; Isaías 45:21); e liberdade (Jó 23:13; Provérbios 21:1). Deus usa esses atributos no mundo e ativamente exerce todos estes hoje. Deus transcende toda a Sua criação, mas é pessoal e cognoscível.

A teologia do processo nega a divindade de Jesus Cristo quando diz que Jesus não tem nenhuma diferença intrínseca de qualquer outro homem. Além disso, a filosofia humanista da teologia do processo ensina que a humanidade não requer salvação, enquanto a Bíblia é clara que, sem Cristo, o homem está irremediavelmente perdido e condenado ao inferno por toda a eternidade. As escrituras ensinam que Jesus Cristo é Deus (Isaías 9:6-7; Mateus 1:22-23; João 1:1, 2, 14; 20:28; Atos 16:31, 34; Filipenses 2:5-6; Colossenses 2:9; Tito 2:13; Hebreus 1:8; 2 Pedro 1:1) e que sem a Sua morte em favor dos pecadores (Romanos 3:23; 6:23; 2 Coríntios 5:21) ninguém jamais poderia ser salvo (João 1:12; 3:18; 3:36; 14:6; Atos 4:10-12; 16:30-31).

English
Voltar à página principal em português

O que é a teologia do processo?

Assine a pergunta da semana