settings icon
share icon
Pergunta

O que é a teologia contextual?

Resposta


Também conhecida como "inculturação", a teologia contextual se refere à maneira pela qual a igreja em todas as épocas tende a adaptar seus ensinamentos à cultura em que se encontra. Existem muitos exemplos disso, mas talvez o melhor seja encontrado em 1 Coríntios 11:4-7. O ensino de Paulo aqui tem a ver com coberturas para a cabeça. Para uma mulher naquela cultura, não cobrir a cabeça era totalmente impensável. O véu ou cobertura na cabeça de uma esposa coríntia crente mostrava que ela estava sob a autoridade de seu marido e, portanto, em submissão a Deus. Na cultura coríntia, as mulheres normalmente usavam uma cobertura na cabeça como um símbolo de sua submissão aos maridos. Paulo afirma que é certo seguir esse protocolo cultural - dispensar as coberturas para a cabeça das mulheres enviaria um sinal inteiramente errado para a cultura em geral. Na verdade, Paulo diz que, se uma mulher cristã recusar a cobertura da cabeça, ela também pode raspar o cabelo - um ato que envergonharia (versículo 6). Uma mulher que se recusasse a usar uma cobertura naquela cultura estava basicamente dizendo: "Eu me recuso a me submeter à ordem de Deus." O ensino do apóstolo Paulo era que o uso de uma "cobertura" pela mulher era uma indicação externa de uma atitude de coração de submissão a Deus e à Sua autoridade estabelecida. Adaptar esse ensino a várias outras culturas cai sob o domínio da teologia contextual.

Claramente, os ensinos da Bíblia às vezes devem ser interpretados no contexto da cultura. No entanto, os princípios básicos da Palavra de Deus ainda são os mesmos hoje como eram quando foram escritos. O princípio na passagem de 1 Coríntios é que Cristo é a cabeça sobre o corpo e o marido é a cabeça sobre a esposa, que deve estar em submissão a ele e mostrar sua submissão de maneiras culturalmente apropriadas.

A teologia contextual usa princípios bíblicos, mas os filtra pelas lentes de pontos de referência contemporâneos. Na formação de tal sistema teológico, deve-se considerar fatores linguísticos, sociopolíticos, culturais e ideológicos. O resultado às vezes é uma mistura sincrética de crenças. “Seguir Jesus” em uma cultura e contexto pode parecer muito diferente de “seguir Jesus” em outra cultura do outro lado do mundo - e pode não se parecer em nada com o Cristianismo. Obviamente, a teologia contextual deve ser aplicada com cuidado. Sempre existe o perigo de que, ao acomodar a verdade a uma cultura, a verdade seja comprometida e o evangelho se perca na tradução.

English



Voltar à página principal em português

O que é a teologia contextual?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries