settings icon
share icon
Pergunta

Como posso superar a dor do abuso passado?

Resposta


Antes de falarmos sobre o abuso, precisamos defini-lo. O abuso é o uso indevido de algo que é bom. O abuso de substâncias é o uso indevido de medicamentos que, se usados adequadamente, podem salvar e melhorar a vida. O abuso de poder é o mau uso da autoridade que Deus ordenou (Romanos 13:1-2). O abuso de um ser humano significa que alguém não tratou uma pessoa da maneira que Deus pretendia que fosse tratada.

O abuso vem em muitas formas: verbal, emocional, espiritual, física e sexual. O abuso durante a infância é a forma mais devastadora de abuso porque molda a maneira como a criança vê o mundo a partir de então. O abuso sexual infantil viola e distorce a sexualidade e a identidade de uma pessoa. É também a traição da confiança, já que a maioria dos abusos vem de um adulto em quem a criança confiava. O abuso afeta a autoestima da vítima e muitas vezes cria enormes barreiras em relacionamentos futuros.

No entanto, há muitas boas notícias para as vítimas de abuso. Deus não nos vê à luz do abuso. Ele vê o que criou: pessoas feitas individualmente à imagem de Deus (Gênesis 1:27). Ele está ansioso para nos restaurar ao propósito para o qual nos criou. Porque Deus nos projetou, Ele é o único que pode nos definir. Nada pode roubar essa definição. Nenhum abuso, pecado, erro ou tragédia é forte o suficiente para anular o que Deus declarou ser verdade. Podemos escolher desafiá-lo, rejeitar a Sua oferta de restauração e nos afastar do Seu dom da vida eterna (João 3:16–18). Mas quando permitimos que Ele trabalhe em nós, entregando-nos Àquele que mais nos ama, a beleza pode brotar das cinzas.

Superar o abuso do passado é semelhante, em alguns aspectos, a superar um vício. A recuperação envolve uma vida inteira de manutenção da inteireza. Não podemos apagar as memórias, mas podemos torná-las impotentes à medida que permitimos que Deus nos dê uma nova identidade. A verdadeira cura da alma começa com um relacionamento genuíno com Jesus Cristo. Ele é o restaurador de almas quebradas (Salmo 23:3). Algumas vítimas de abuso têm um medo subconsciente de Deus. Eles O vêem como mais um ser irado que não pode ser satisfeito. Reconhecendo que tal visão decorre do abuso, não da verdade, a vítima pode substituir essa mentalidade ao desenvolver uma amizade íntima com Jesus. Quando escolhemos permitir que a Sua avaliação sobre nós anule o que o abuso nos disse, estamos no caminho da liberdade total.

2 Coríntios 5:17 diz que aqueles que estão “em Cristo” são novas criaturas. O velho se foi, e todas as coisas estão sendo feitas novas. As vítimas de abuso muitas vezes sentem que são bens danificados, especialmente em casos de estupro ou abuso sexual. As vítimas se sentem sujas e imaginam que Deus as vê assim também. Elas podem até abrigar um ódio profundo pela versão mais jovem de si mesmas que permitiu que tal vitimização ocorresse. Entretanto, a Palavra de Deus diz que estamos todos quebrados e sujos de alguma forma (Romanos 3:10, 23). Se a Sua avaliação de nós dependesse de sermos inteiros e apresentáveis, ninguém seria aprovado. A salvação pela fé em Cristo nos dá um novo começo. Ele toma sobre Si todo esse abuso e paga por ele. Em troca, Cristo nos dá a Sua justiça, a Sua vida e o Seu nome (2 Coríntios 5:21; Isaías 53:3–7).

Os sobreviventes de abuso se sentem sem esperança quando acreditam na mentira de que o abuso define o seu valor. Especialmente quando o abuso foi constante durante toda a infância, as vítimas crescem acreditando na avaliação de Satanás sobre o seu valor e em suas profecias sobre o futuro delas. Leva tempo para entender que tudo que acreditavam ser verdade sobre si mesmas é falso. Tal processamento deve ser feito com um conselheiro bíblico qualificado. Um conselheiro sábio pode ajudar a vítima a aceitar o grande dano que foi feito e aprender a enxerga-lo à luz da verdade de Deus. A vítima pode aprender a perdoar os agressores como Deus os perdoou (Efésios 4:32). O perdão liberta a vítima da mágoa e da vergonha contínuas. Isso as capacita a aprender a amar e confiar novamente. Milhares de sobreviventes de abuso têm encontrado esperança e restauração quando se perdem em sua nova identidade e permitem que Jesus defina o seu futuro.

Somente Deus pode pegar o desamparo do abuso passado e transformá-lo em uma plataforma para o ministério futuro. Deus promete que todas as coisas, mesmo os eventos dolorosos do passado, cooperarão para o bem quando O amamos e buscamos a Sua vontade para as nossas vidas (Romanos 8:28). Ele convida todas as vítimas a perderem o status de “vítima” e a aprenderem a se ver como que “a força e a dignidade são os seus vestidos” (Provérbios 31:25). A cura começa quando elevamos tudo a Deus e deixamos tudo em Suas mãos, não nas nossas.

English



Voltar à página principal em português

Como posso superar a dor do abuso passado?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries