Se um cristão cometer suicídio, ele/ela ainda é salvo?



 

Pergunta: "Se um cristão cometer suicídio, ele/ela ainda é salvo?"

Resposta:
É um fato triste que alguns cristãos cometem suicídio. Para piorar a tragédia, há o falso ensino de que cometer suicídio automaticamente condena uma pessoa ao inferno. Muitos acreditam que um cristão que comete suicídio não será salvo. Este ensinamento não é sustentando na Bíblia.

A Escritura ensina que, a partir do momento em que verdadeiramente cremos em Cristo, temos a garantia da vida eterna (João 3:16). De acordo com a Bíblia, os cristãos podem saber, sem qualquer sombra de dúvida, que possuem a vida eterna (1 João 5:13). Nada pode separar um cristão do amor de Deus (Romanos 8:38-39). Nenhuma "coisa criada" pode separar um cristão do amor de Deus, e até mesmo um cristão que comete suicídio é uma "coisa criada"; portanto, nem mesmo o suicídio pode separá-lo do amor de Deus. Jesus morreu por todos os nossos pecados, e se um cristão verdadeiro, em um momento de ataque espiritual e fraqueza, cometer suicídio, o seu pecado ainda está coberto pelo sangue de Cristo.

Segundo a Bíblia, o suicídio não é o que determina se uma pessoa ganha a entrada no céu. Se uma pessoa descrente cometer suicídio, ela não fez nada mais que "acelerar" a sua jornada para o inferno. No entanto, essa pessoa que cometeu suicídio vai, em última análise, estar no inferno por rejeitar a salvação através de Cristo, não por ter cometido suicídio (ver João 3:18). Temos também de salientar, no entanto, que ninguém sabe verdadeiramente o que estava acontecendo no coração de uma pessoa no momento em que morreu. Algumas pessoas têm "conversões no leito de morte" e aceitam a Cristo em seus últimos momentos. É possível que a pessoa cometendo suicídio tenha tido uma mudança de coração no último segundo e clamado a Deus por misericórdia. Deixemos tais julgamentos nas mãos de Deus (1 Samuel 16:7).

O suicídio de um crente é evidência de que qualquer um pode lutar com desespero e que o nosso inimigo, Satanás, é "homicida desde o princípio" (João 8:44). O suicídio ainda é um grave pecado contra Deus. Segundo a Bíblia, o suicídio é assassinato; é sempre errado. Os cristãos são chamados a viver suas vidas para Deus, e a decisão de quando morrer pertence a Deus e somente a Ele.

Que Deus conceda graça e a perspectiva do salmista a cada um que esteja enfrentando provações hoje: "Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu" (Salmo 43:5).


Voltar à página principal em português

Se um cristão cometer suicídio, ele/ela ainda é salvo?