O sexo virtual/por telefone é pecado?

O sexo virtual/por telefone é pecado?


Pergunta: "O sexo virtual/por telefone é pecado?"

Resposta:
A Bíblia em nenhum lugar menciona o sexo virtual (sexo cibernético) ou sexo por telefone, obviamente, porque interações "virtuais" e qualquer coisa "por telefone" não eram possíveis nos tempos bíblicos. A resposta a esta questão depende, em certa medida, de as pessoas envolvidas são casadas entre si. Dentro do casamento, o sexo cibernético/por telefone cairia sob o princípio do "consentimento mútuo" de 1 Coríntios 7:5. Para mais informações, consulte nosso artigo sobre o que é permitido sexualmente em um casamento.

Fora do casamento, a Palavra de Deus nos dá alguns princípios que definitivamente se aplicam ao sexo virtual/por telefone. Filipenses 4:8 nos diz: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” Há muitas Escrituras que indicam que o sexo fora do casamento é um pecado (Atos 15:20; 1 Coríntios 5:1; 6:13,18; 7:2; 10:8; 2 Coríntios 12:21; Gálatas 5:19; Efésios 5:3; Colossenses 3:5; 1 Tessalonicenses 4:3; Judas 7). O próprio Jesus nos ensinou que desejar algo pecaminoso também é pecado: “Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela” (Mateus 5:27-28). Provérbios 23:7 diz: “Porque, como imagina em sua alma, assim ele é.”

O sexo virtual e o sexo por telefone são, em essência, desejar algo que é pecaminoso (fornicação ou adultério). O sexo cibernético e sexo por telefone tratam-se de fantasiar sobre o que é imoral e impuro. Em nenhum sentido o sexo virtual ou sexo por telefone poderia ser considerado puro, amável, de boa fama, virtuoso e digno de algum louvor. O sexo cibernético e sexo por telefone são adultério virtual. Eles se tratam de fantasiar sobre uma pessoa de forma lasciva e encorajar a outra pessoa a uma luxúria imoral. Eles levam a pessoa à armadilha da “escravidão da impureza” (Romanos 6:19). Uma pessoa que é imoral em sua mente e desejos acabará se tornando imoral em suas ações. Sim, fora do casamento, o sexo cibernético/virtual e sexo por telefone são pecaminosos.

English
Voltar à página principal em português

O sexo virtual/por telefone é pecado?

Assine a pergunta da semana