iption" property="og:description" content="O que é o hadith no Is
settings icon
share icon
Pergunta

Como posso ajudar alguém a deixar uma seita tóxica?

Resposta


Se um ente querido ou amigo está envolvido em uma seita, é importante, antes de tudo, orar. Em seguida, faça logo uma pequena pesquisa para verificar de que tipo de grupo ele ou ela faz parte. Você precisa estar ciente da maneira geral como esses grupos operam e entender a mentalidade daqueles presos em um grupo religioso tóxico.

Essencialmente, os grupos religiosos tóxicos são alimentados pelo medo, vergonha e sigilo. Os membros da seita são ensinados a colocar seus olhos em uma existência futura em um paraíso na terra ou no céu e são forçados a desistir de todas as esperanças de verdadeira alegria ou realização nesta vida. Freqüentemente enfrentam sentimentos de vazio e pavor e devem se resignar ao tédio, ao trabalho penoso e à autodisciplina. Os membros da seita são muitas vezes forçados a fingir um sorriso e encontrar energia para vestir uma “cara positiva” a fim de provar aos estranhos que a deles é a “única religião verdadeira”.

Também é comum que os membros da seita se sintam sob vigilância constante. Os membros mais antigos de seu grupo verificam seu comportamento, palavras e ações. Quaisquer desvios das normas aceitáveis do grupo são punidos de alguma forma. Pessoas em grupos religiosos tóxicos são mantidas mentalmente escravizadas. Se elas têm amigos e familiares que são membros da mesma seita, correm o risco de perdê-los se decidirem sair. Muitos ex-membros de seitas são evitados por romperem com o grupo.

Como estão constantemente sob a ameaça de perderem seus entes queridos e a comunidade social, de serem destruídos no Armageddon ou de perderem a sua salvação, os membros de seitas geralmente se comportam no “piloto automático”. Eles passam pelos movimentos da vida, tentando desesperadamente ignorar as perguntas e dúvidas que às vezes surgem em suas mentes. Eles têm que fazer um esforço para se convencer de que suas vidas não são baseadas em uma mentira e que todo o seu trabalho duro e sacrifício não foram um completo desperdício.

Muitos membros ativos de seitas desistiram de tudo por seu grupo: uma educação decente, a perspectiva de ter filhos ou seguir seus sonhos, uma carreira, um fundo de aposentadoria e um relacionamento com seus familiares que não fazem parte do grupo. Eles viraram as costas para tudo isso a fim de servir a sua seita e assim ganhar a salvação. Essa é uma razão pela qual os membros de seitas geralmente ficam muito defensivos quando conversam com um não membro sobre suas crenças. Eles muitas vezes justificam e defendem suas escolhas de vida agressivamente.

Ao falar com um amigo ou ente querido envolvido em um grupo religioso tóxico, esteja ciente de que as pessoas geralmente não reagem às palavras que dizemos, mas à emoção por trás delas. Se nos expressarmos com raiva, frustração, amargura ou ridicularização, corremos o risco de alienar nosso amigo, fazendo com que ele se afaste ou revide defensivamente.

Isso não significa que sejamos impotentes para ajudar as vítimas dessas seitas a se libertarem, ou que não há nada que possamos fazer. Existem maneiras testadas e comprovadas de resgatar um amigo de um grupo religioso tóxico, mas é importante agir de forma estratégica e sensível.

A primeira coisa a fazer, como mencionado, é orar por eles. A oração é a ferramenta mais eficaz e poderosa que temos, porque somente Deus pode fazer com que as escamas caiam de seus olhos. O Deus da verdade pode libertá-los (João 8:32).

Em segundo lugar, é importante ganhar e manter a confiança do seu ente querido que está preso em uma seita. Se ele ou ela não se sentir confortável o suficiente para confiar em você, então você provavelmente ainda não conquistou uma audiência.

Terceiro, em vez de sobrecarregar seu amigo com informações que você coletou sobre o grupo, é melhor fazer perguntas que ele possa investigar por si mesmo. Se seu ente querido se recusa a dar uma resposta, então pelo menos você plantou uma pequena semente de dúvida em sua mente.

Quarto, ajude os membros da seita a conhecer mais sobre outras seitas, para que possam ver as conexões entre elas e o seu próprio grupo religioso. Por exemplo, muitas pessoas estão agora se conscientizando de que estão em um grupo tóxico depois de assistir à exposição de Leah Remini sobre a Cientologia. Quando as vítimas de uma seita veem como o controle mental e a manipulação são usados em outros grupos, elas se deparam com a inquietante realidade de que estão sendo usadas da mesma maneira.

Também é essencial que seu ente querido saiba que, se ele deixar a seita, você estará lá para apoiar essa decisão. Infelizmente, muitas pessoas permanecem em seitas tóxicas por muito tempo porque têm medo de não ter ninguém do lado de fora com quem possam contar. Família e amigos preocupados precisam fornecer amizades fortes e duradouras àqueles que estão presos em um grupo religioso tóxico para apoiá-los em sua longa e difícil jornada.

English



Voltar à página principal em português

Como posso ajudar alguém a deixar uma seita tóxica?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon YouTube icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries