Satanás ainda tem acesso ao céu?



 

Pergunta: "Satanás ainda tem acesso ao céu?"

Resposta:
Satanás era originalmente um dos santos anjos de Deus, mas se rebelou contra o Senhor e foi expulso do céu (Lucas 10:18). Essa foi apenas a primeira etapa de seu julgamento. O reino de Satanás foi vencido na cruz (João 12:31-32). Mais tarde, ele será preso no abismo por mil anos (Apocalipse 20:1-3) e então lançado no lago de fogo por toda a eternidade (Apocalipse 20:10).

Até o julgamento final, Satanás é "o príncipe do mundo" (João 14:30), mas parece que ainda tem acesso restrito aos reinos celestiais. Em Jó 1:6, Satanás está na presença de Deus. Há uma situação semelhante em 2 Crônicas 18:18-21 envolvendo um "espírito enganador".

Já que Deus é santo e absolutamente sem pecado (Isaías 6:3), e já que Ele nem sequer olha para o mal (Habacuque 1:13), como Satanás pode estar no céu? A resposta envolve a restrição soberana de Deus sobre o pecado. Em Jó 1, Satanás ficou diante de Deus para prestar conta de si mesmo. Deus iniciou o encontro, conduziu os procedimentos e permaneceu no controle absoluto (versículo 7). O resultado foi que o poder de Satanás era limitado (versículo 12) e Deus foi glorificado.

Aqui estão alguns outros fatos a observar: 1) Satanás não tem acesso aberto à presença de Deus. Ele é convocado por Deus. 2) As visitas são temporárias. Seu tempo diante do trono de Deus é limitado. 3) De modo algum é a pureza do céu manchada quando Deus usa o seu poder regulador para ordenar a presença breve e ordenada de um ser pecador, "em quarentena", por assim dizer. E, 4) O acesso de Satanás só é concedido antes do julgamento final. Após o julgamento, Deus cria um novo céu e nova terra (Apocalipse 21:1), limpa todas as lágrimas dos nossos olhos (versículo 4), revela a Nova Jerusalém (versículo 10) e promete a total ausência do pecado (versículo 27).

Quando dizemos: "Deus não pode permitir o pecado no céu", simplesmente queremos dizer que Deus não pode permitir que seres humanos que ainda estão em seu pecado vivam em Sua presença. No entanto, é possível que Deus ordene que um ser pecaminoso se mantenha (temporariamente) em Sua presença para comissioná-lo (Isaías 6), para exigir uma prestação de conta dele (Jó 1-2) ou para julgá-lo (Apocalipse 20: 11-15) sem comprometer a Sua santidade.

A santidade de Deus eventualmente consumirá todo o pecado. Até aquele dia, a Sua santidade regula o pecado e isso significa que Satanás, em certas ocasiões, é convocado brevemente diante de seu Criador para dar conta de suas ações.


Voltar à página principal em português

Satanás ainda tem acesso ao céu?