settings icon
share icon
Pergunta

Como um cristão deve agir em relação a um amigo que sai (como gay)?

Resposta


Como cristãos que vivem em um mundo caído, naturalmente teremos amigos e/ou parentes de várias esferas da vida. Na cultura de hoje, é cada vez mais provável que alguns de nossos amigos não salvos se declarem “gays”, e precisamos responder adequadamente.

Devemos perceber certos fatos sobre Deus e a natureza humana pecaminosa para que tenhamos uma perspectiva adequada em relação às pessoas ao nosso redor, incluindo amigos que nos dizem que são homossexuais. Como cristãos, reconhecemos que todas as pessoas precisam de amor e graça, incluindo amigos que se assumem gays. E, como cristãos, somos embaixadores de Cristo (2 Coríntios 5:20). Por meio de Cristo, temos um relacionamento com o Deus vivo e temos a esperança da vida eterna que podemos oferecer aos outros.

Não devemos cortar laços com amigos descrentes que se assumem gays. Jesus associou-se livremente com pecadores, incluindo prostitutas e párias da Sua sociedade (veja Lucas 5:30; 7:34). Jesus conhecia o Seu Pai, e Ele sabia o que havia no homem (João 2:25). Isso tornou Jesus bem preparado para guiar à salvação aqueles que estavam longe de Deus. Nós, como cristãos, podemos estar prontos também, se estudarmos a Bíblia e seguirmos a direção do Espírito Santo.

É importante ter em mente que Deus é absolutamente justo e ao mesmo tempo absolutamente amoroso (Êxodo 34:6-7). Deus não pode perdoar o pecado sem o sacrifício expiatório do Seu Filho. Todo pecado que uma pessoa comete deve ser responsabilizado, e é impossível que um humano pague por seu próprio pecado. Somente por meio de Cristo há perdão do pecado.

Além disso, devemos seguir a ordem de Pedro ao lidar com aqueles que Deus envia em nosso caminho, incluindo amigos que se saem como gays: “... antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência” (1 Pedro 3:15-16). Portanto, devemos estar preparados para apresentar a verdade sobre Deus, pecado e salvação; fazemos a apresentação com “com mansidão e temor”; e honramos o Senhor Jesus Cristo acima de tudo.

Amigos que se assumem como gays devem entender que a nossa posição sobre a homossexualidade é a posição da Bíblia: o comportamento homossexual é pecaminoso (veja Romanos 1:26-27). Eles também devem entender que a Bíblia não descreve a homossexualidade como um pecado “maior” ou “menor” do que qualquer outro. E também devem saber que, de acordo com a Bíblia, o perdão de Deus está disponível para todos. O evangelho é “o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê” (Romanos 1:16).

Quando um amigo nos diz que é homossexual, devemos mostrar amor e respeito a essa pessoa sem tolerar seu estilo de vida gay. Devemos orar “na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade” (2 Timóteo 2:25). Devemos ter certeza de que estamos cheios do Espírito Santo e exibindo o fruto do Espírito. Nós “santificamos a Cristo, como Senhor” (1 Pedro 3:15). E cuidamos para que nossa “palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um” (Colossenses 4:6).

English



Voltar à página principal em português

Como um cristão deve agir em relação a um amigo que sai (como gay)?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries