O que significa ser um sacrifício vivo?


Pergunta: "O que significa ser um sacrifício vivo?"

Resposta:
Em Romanos 12:1, Paulo diz: "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional." A admoestação de Paulo aos crentes em Roma era de sacrificarem-se a Deus, não como um sacrifício no altar, como a Lei mosaica exigia o sacrifício de animais, mas como um sacrifício vivo. O dicionário define o sacrifício como "tudo que é consagrado e oferecido a Deus". Como crentes, como consagramos e nos oferecemos a Deus como um sacrifício vivo?

Sob a Antiga Aliança, Deus aceitava os sacrifícios de animais. Entretanto, estes eram apenas um prenúncio do sacrifício do Cordeiro de Deus, Jesus Cristo. Por causa do Seu sacrifício definitivo e de uma vez por todas na cruz, os sacrifícios do Antigo Testamento tornaram-se obsoletos e não têm mais efeito algum (Hebreus 9:11-12). Para aqueles que estão em Cristo em virtude da fé salvadora, o único culto aceitável é oferecer-nos completamente ao Senhor. Sob o controle de Deus, o corpo ainda não redimido do crente pode e deve ser cedido a Ele como um instrumento de justiça (Romanos 6:12-13, 8:11-13). Em vista do sacrifício supremo de Jesus para nós, isso é simplesmente "racional".

Com o que se parece um sacrifício vivo no sentido prático? O versículo seguinte (Romanos 12:2) nos ajuda a entender. Somos um sacrifício vivo para Deus quando não nos conformamos com este mundo. O mundo é definido para nós em 1 João 2:15-16 como a luxúria da carne, a luxúria dos olhos e o orgulho da vida. Tudo o que o mundo tem para oferecer pode ser reduzido a estas três coisas. A luxúria da carne inclui tudo o que atrai nossos apetites e envolve desejos excessivos de comida, bebida, sexo e qualquer outra coisa que satisfaça às necessidades físicas. A luxúria dos olhos envolve principalmente o materialismo, cobiçando tudo o que vemos que não temos e invejando aqueles que têm o que queremos. O orgulho da vida é definido como qualquer ambição por aquilo que nos encha e nos coloque no trono de nossas próprias vidas.

Como podem os crentes NÃO se conformar com o mundo? Ao serem "transformados pela renovação de vossas mentes". Fazemos isso principalmente através do poder transformador da Palavra de Deus. Precisamos ouvir (Romanos 10:17), ler (Apocalipse 1:3), estudar (Atos 17:11), memorizar (Salmo 119:9-11) e meditar nas Escrituras (Salmo 1:2-3). A Palavra de Deus, ministrada em nossos corações pelo Espírito Santo, é o único poder na Terra que pode nos transformar do mundano para a verdadeira espiritualidade. Na verdade, é tudo de que precisamos para sermos "... perfeitos e perfeitamente habilitados para toda boa obra" (2 Timóteo 3:16). O resultado é que seremos capazes de experimentar "... a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12:2). É a vontade de Deus que todo crente seja um sacrifício vivo para Jesus Cristo.

English

Voltar à página principal em português

O que significa ser um sacrifício vivo?

Assine a pergunta da semana