O que é o Reino de Deus?



 

Pergunta: "O que é o Reino de Deus?"

Resposta:
O Reino de Deus é frequentemente mencionado nos Evangelhos (por exemplo, Marcos 1:15; 10:15; 15:43; Lucas 17:20) e outros lugares no Novo Testamento (por exemplo, Atos 28:31; Romanos 14:17; 1 Coríntios 15:50). O Reino de Deus é sinônimo do reino dos céus. O conceito do Reino de Deus assume vários significados em diferentes passagens da Escritura.

Em termos gerais, o Reino de Deus é o domínio do Deus eterno e soberano sobre todo o universo. Várias passagens da Escritura mostram que Deus é o inegável Monarca de toda a criação: "Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono, e o seu reino domina sobre tudo" (Salmo 103:19). E, como o rei Nabucodonosor declarou: "O seu reino é reino sempiterno, e o seu domínio, de geração em geração" (Daniel 4:3). Toda autoridade que existe foi estabelecida por Deus (Romanos 13:1). Então, de certa forma, o Reino de Deus incorpora tudo o que existe.

Mais estritamente, o Reino de Deus é um reinado espiritual sobre os corações e as vidas daqueles que voluntariamente se submetem à autoridade de Deus. Aqueles que desafiam a autoridade de Deus e se recusam a se submeter a Ele não fazem parte do Reino de Deus. Em contraste, aqueles que reconhecem o senhorio de Cristo e se entregam alegremente ao domínio de Deus em seus corações fazem parte do reino de Deus. Neste sentido, o reino de Deus é espiritual - Jesus disse que o Seu reino não era deste mundo (João 18:36), e Ele pregou que o arrependimento é necessário para fazer parte do reino de Deus (Mateus 4:17). Que o reino de Deus pode ser equiparado à esfera da salvação é evidente em João 3:5-7, onde Jesus diz que deve-se nascer de novo para entrar no Reino de Deus. Veja também 1 Coríntios 6:9.

Há outro sentido no qual o reino de Deus é usado na Escritura: o domínio literal de Cristo na terra durante o milênio. Daniel disse que "o Deus do céu suscitará um reino que não será jamais destruído" (Daniel 2:44, cf. 7:13-14), e muitos dos outros profetas predisseram o mesmo (ex: Obadias 1:21; Habacuque 2:14; Miqueias 4:2; Zacarias 14:9). Alguns teólogos se referem à manifestação futura e aberta do reino de Deus como o "reino da glória" e à manifestação oculta e presente do reino de Deus como o "reino da graça". Entretanto, ambas as manifestações estão ligadas. Cristo estabeleceu o Seu reinado espiritual na Igreja na terra, e um dia estabelecerá o Seu reinado físico em Jerusalém.

O reino de Deus tem vários aspectos. O Senhor é o soberano do universo. Sendo assim, nesse sentido, o Seu reino é universal (1 Timóteo 6:15). Ao mesmo tempo, o reino de Deus envolve o arrependimento e o novo nascimento, na medida que Deus governa no coração de Seus filhos neste mundo em preparação para o próximo. O trabalho iniciado na terra encontrará a sua consumação no céu (ver Filipenses 1:6).


Voltar à página principal em português

O que é o Reino de Deus?