O que significa recair?


Pergunta: "O que significa recair?"

Resposta:
A palavra recair, num contexto cristão, implica um movimento para longe de Cristo, ao invés de na direção dEle. Uma pessoa recaída é alguém que está indo no caminho espiritualmente errado. Ele está regredindo ao invés de progredindo. O recaído demonstrou em algum momento um compromisso com Cristo ou manteve um certo padrão de comportamento, mas tem desde então retornado a velhas maneiras. Retroceder espiritualmente pode manifestar-se de várias maneiras, por exemplo: sair da igreja, perder o fervor pelo Senhor, afastar-se de um ministério ou de uma família ou voltar a viver em velhos hábitos.

Algumas pessoas usam a palavra recair para significar que uma pessoa perdeu a sua salvação. No entanto, já que uma pessoa salva está segura em Cristo (João 10:28-29) - Deus não expulsará os Seus filhos de Sua família - não é assim que vamos usar a palavra. Em vez disso, quando falamos de recair, simplesmente queremos dizer que alguém está esfriando em direção a Cristo. Uma condição recaída poderia indicar que a pessoa nunca realmente foi salva - nesse caso, o recaído está apenas mostrando a sua verdadeira condição. No entanto, também é possível que os filhos de Deus temporariamente recaíam.

A Bíblia usa frases que carregam consigo a ideia semelhante de recair ou retroceder. Na Bíblia, "cair" pode significar duas coisas diferentes. Em um caso, a pessoa é salva, mas está passando por um período temporário de questionamento que podemos chamar de "crise de fé". Na outra instância, a pessoa nunca foi salva, mas apenas se comportava temporariamente como uma pessoa salva. Vamos chamar isso de levar o Cristianismo para um "test-drive".

A Recaída por Crise na Fé:
Em Marcos 14:27, Jesus diz a Seus discípulos: "Vocês todos me abandonarão". Ele quis dizer que, ao ser preso, os discípulos passariam por uma crise de fé, um evento de vida tão chocante que os causaria a correr de Jesus e a questionar o núcleo das suas crenças. Era uma noite ofensiva, uma noite de tropeço para eles. Entretanto, esta era uma condição temporária. Três dias depois, Jesus ressuscitou dos mortos e apareceu aos discípulos. Sua fé e esperança foram restauradas, mais fortes do que nunca.

O apóstolo Paulo nos diz como lidar com um companheiro crente que está retrocedendo: "Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado" (Gálatas 6:1). Tiago concorda: "Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter, sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados" (Tiago 5:19-20). O recaído se afastou de onde deveria estar e está "preso" no pecado, mas a igreja trabalhará para restaurá-lo e colocá-lo de volta no caminho da justiça.

Há eventos na vida, como a morte de um ente querido, que podem nos levar a questionar a Deus. Isso não é um problema, contanto que levemos as nossas perguntas a Deus, em vez de usá-las como desculpas para viver em rebelião. O resultado de uma crise de fé muitas vezes é que nós O conhecemos mais intimamente do que antes. Em tempos de provação, devemos nos aprofundar na Palavra, orar com persistência (Lucas 18:1), e cercar-nos com pessoas de forte fé.

A Recaída do Test Drive:
Nós vemos uma outro tipo de "caída" em Hebreus 6:4-6 e Lucas 8:13. Hebreus 6 descreve o apóstata, alguém que tinha apenas "provado a boa palavra de Deus" (versículo 5) e depois a rejeita. Em Lucas 8:13 Jesus ilustra a apostasia como o solo rochoso - alguns se afastam ou recuam porque "não têm raiz". Em cada uma dessas passagens, a pessoa externamente aparenta ser cristã, pelo menos por um tempo, mas não tem se comprometido com Deus. Essa pessoa pode estar frequentando a igreja, lendo sua Bíblia, ouvindo música cristã e saindo com amigos cristãos. Ele gosta da atmosfera saudável e da boa companhia que está ao redor dos cristãos. No entanto, o seu coração não mudou, pois nunca nasceu de novo. Eventualmente, ele retrocede ou apostata. Ele levou o Cristianismo para um test-drive e decidiu que não queria seguir adiante.

A salvação vem por meio de uma verdadeira confissão de Jesus como Senhor em um coração que acredita na Sua morte e ressurreição (Romanos 10:9-10). Se uma pessoa verdadeiramente salva se desvia - isto é, volta a atitudes e comportamentos espiritualmente prejudiciais - o desvio será temporário. A correção do Senhor a trará de volta (ver Hebreus 12:4-13). O Bom Pastor buscará o cordeiro errante (Lucas 15:3-7).

Se uma pessoa que nunca foi salva, mas apenas tinha um bom comportamento exterior, se desvia - ou seja, deixa a charada e mostra quem realmente é – a sua última condição será pior do que a primeira (Hebreus 10:26-31). Como podemos diferenciar um tipo de desvio do outro? Não podemos sempre, a menos com o tempo, e, mesmo assim, não sabemos quanto tempo Deus levará para restaurar o desviante. Somente Deus pode ver o coração.

English

Voltar à página principal em português

O que significa recair?

Assine a pergunta da semana