O que é a propiciação?



 

Pergunta: "O que é a propiciação?"

Resposta:
A palavra propiciação carrega a ideia básica de apaziguamento ou satisfação, especificamente em relação a Deus. A propiciação é um ato de duas partes que envolve apaziguar a ira de uma pessoa ofendida e se reconciliar com ele/ela.

A necessidade de apaziguar a Deus é algo que muitas religiões têm em comum. Nas religiões pagãs antigas, assim como em muitas religiões hoje, ensina-se a ideia de que o homem aplaca a Deus com a oferta de várias ofertas ou sacrifícios. No entanto, a Bíblia ensina que o próprio Deus proveu o único meio através do qual a sua ira pode ser apaziguada e o homem pecador pode ser reconciliado com Ele. No Novo Testamento, o ato de propiciação sempre se refere à obra de Deus e não aos sacrifícios ou ofertas oferecidos pelo homem. A razão para isso é que o homem é totalmente incapaz de satisfazer a justiça de Deus, exceto ao passar a eternidade no inferno. Não há nenhum serviço, sacrifício ou oferta que o homem possa oferecer para apaziguar a ira santa de Deus ou satisfazer a Sua justiça perfeita. A única satisfação, ou propiciação, que poderia ser aceitável a Deus e capaz de reconciliar o homem a Ele teve de ser feita por Deus. Por esta razão, Deus Filho, Jesus Cristo, veio ao mundo em carne humana para ser o sacrifício perfeito pelo pecado e fazer expiação ou "propiciação pelos pecados do povo" (Hebreus 2:17).

A palavra propiciação é usada em vários versículos para explicar o que Jesus realizou através da Sua morte na cruz. Por exemplo, em Romanos 3:24-25, os crentes em Cristo foram "justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos." Estes versículos formam um ponto-chave na argumentação de Paulo no livro de Romanos e são realmente o cerne da mensagem do evangelho.

Nos três primeiros capítulos de Romanos, Paulo faz o argumento de que todos, judeus e gentios, estão sob a condenação de Deus e merecem a Sua ira (Romanos 1:18). Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos 3:23). Todos nós merecemos a Sua ira e punição. Deus, em Sua infinita graça e misericórdia, tem proporcionado uma maneira de apaziguar a Sua ira e nos reconciliar com Ele. Essa forma é através da morte sacrificial de seu Filho, Jesus Cristo, como o pagamento pelos pecados. É por meio da fé em Jesus Cristo como sacrifício perfeito de Deus que podemos ser reconciliados com Deus. É só por causa da morte de Cristo na cruz e Sua ressurreição no terceiro dia que um pecador perdido, merecedor do inferno, pode se reconciliar com um Deus santo. A maravilhosa verdade do evangelho é que os cristãos são salvos da ira de Deus e reconciliados com Deus não porque "nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados" (1 João 4:10).

Jesus disse: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A única maneira da ira de Deus contra o homem pecador ser apaziguada e de nos reconciliarmos com Deus é através de Jesus Cristo. Não há outro caminho. Esta verdade também é comunicada em 1 João 2:2: "e ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro." Uma parte importante da obra salvadora de Cristo é a libertação da ira de Deus; a propiciação de Jesus na cruz é a única coisa que pode afastar a condenação divina de Deus sobre o pecado. Aqueles que rejeitam a Cristo como seu Salvador e se recusam a crer nele não têm esperança de salvação. Eles só podem esperar ansiosamente pelo momento em que terão de enfrentar a ira de Deus que tem sido guardada para o vindouro dia de julgamento (Romanos 2:5). Não há nenhuma outra propiciação ou sacrifício que possa ser feito por seus pecados.


Voltar à página principal em português

O que é a propiciação?