O que a Bíblia diz sobre quanto poder os cristãos possuem?


Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre quanto poder os cristãos possuem?"

Resposta:
O poder pode ser definido como a capacidade de fazer algo com base em coisas como força, habilidade, recursos ou autoridade concedida. A Bíblia diz que o poder de um cristão vem de Deus através do Espírito Santo.

Deus é a fonte definitiva de poder. Todo poder vem dEle e está sujeito a Ele: "Teu, Senhor, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade, porque teu é tudo o que há nos céus e na terra. Teu, Senhor, é o reino, e tu te exaltaste como chefe sobre todos. Riquezas e glória vêm de ti. Tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder. Contigo está o engrandecer e dar força a todos" (1 Crônicas 29:11–12).

Muitas passagens do Antigo Testamento falam de Deus dando Seu poder aos fracos: "Ele fortalece o cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor" (Isaías 40:29). O Salmo 68:35 diz que Deus dá poder ao Seu povo: "Ó Deus, tu és tremendo no teu santuário! O Deus de Israel, ele dá força e poder ao seu povo. Bendito seja Deus!" Frequentemente, lemos sobre o poder de Deus sendo dado aos reis (1 Samuel 2:10) e aos profetas: "Quanto a mim, estou cheio do poder do Espírito do Senhor, cheio de justiça e de força, para declarar a Jacó a sua transgressão e a Israel, o seu pecado" (Miqueias 3:8).

O poder inesgotável de Deus derramado na vida de Seu povo é visto em várias aplicações nas Escrituras. A Bíblia diz que o próprio evangelho é o poder de Deus para a salvação: "Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego" (Romanos 1:16; também 1 Coríntios 1:18).

O poder de um cristão – ou seja, sua capacidade de fazer qualquer coisa de valor — é recebido do Espírito Santo. Quando Jesus ascendeu ao céu, Ele disse a Seus discípulos que esperassem pelo poder de que precisavam: "Mas vocês receberão poder, ao descer sobre vocês o Espírito Santo, e serão minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até os confins da terra" (Atos 1:8). Sem o Espírito Santo, os discípulos estariam apenas perdendo tempo, não importa quão talentosos, enérgicos ou entusiasmados estivessem em apresentarem o evangelho.

O poder que um cristão recebe de Deus fortalece o ser interior: "Peço a Deus que, segundo a riqueza da sua glória, conceda a vocês que sejam fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito, no íntimo de cada um" (Efésios 3:16). Não desanimamos porque "mesmo que o nosso ser exterior se desgaste, o nosso ser interior se renova dia a dia" (2 Coríntios 4:16).

O poder que um cristão recebe de Deus permite que se torne um servo do evangelho: "...fui constituído ministro conforme o dom da graça de Deus a mim concedida segundo a força operante do seu poder" (Efésios 3:7).

O poder de um cristão não pertence a si mesmo. Depois que Deus usou Pedro para curar um mendigo coxo, o apóstolo explicou aos espectadores atônitos que o homem foi curado não pelo poder de Pedro, mas pela fé no nome de Jesus Cristo: "Israelitas, por que vocês estão admirados com isto ou por que estão com os olhos fixos em nós como se pelo nosso próprio poder ou piedade tivéssemos feito este homem andar? O Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, o Deus dos nossos pais, glorificou o seu Servo Jesus…. Pela fé no nome de Jesus é que esse mesmo nome fortaleceu a este homem que vocês estão vendo e bem conhecem. Sim, a fé que vem por meio de Jesus deu a este homem saúde perfeita na presença de todos vocês" (Atos 3:12–16).

O poder que um cristão recebe de Deus lhe permite suportar o sofrimento diante da perseguição: "Porque Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação. Portanto, não se envergonhe do testemunho de nosso Senhor, nem do seu prisioneiro, que sou eu. Pelo contrário, participe comigo dos sofrimentos a favor do evangelho, segundo o poder de Deus" (2 Timóteo 1:7-8).

O poder de um cristão é aperfeiçoado na fraqueza: "Então ele me disse: 'A minha graça é o que basta para você, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza.' De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo" (2 Coríntios 12:9).

Um cristão encontra poder na oração: "Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros, para que vocês sejam curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo" (Tiago 5:16).

Deus capacita os cristãos para o ministério, a fim de falarem em Seu nome com confiança em Sua presença permanente: "Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo:— Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que tenho ordenado a vocês. E eis que estou com vocês todos os dias até o fim dos tempos" (Mateus 28:18–20).

Efésios 3:20 nos diz que o poder de Deus vai muito além da nossa compreensão. O poder divino está em ação nos cristãos para fazerem muito mais do que tudo o que possam pedir ou conceber. Ele nos dá habilidade, força, proficiência, recursos e autoridade que excedem em muito qualquer coisa que possamos sonhar ou imaginar. Efésios 1:19–20 diz que nada se compara ao Seu grande poder para nós que cremos. De fato, esse poder que Deus concede aos crentes é o mesmo poder que ressuscitou Jesus Cristo dos mortos e O assentou em lugares celestiais.

Os crentes têm uma tremenda razão para se alegrarem. A Bíblia diz que o poder de um cristão fornece tudo aquilo de que precisa para viver uma vida santa neste mundo de pecado: "Pelo poder de Deus nos foram concedidas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo pleno conhecimento daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude" (2 Pedro 1:3).

English


Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre quanto poder os cristãos possuem?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana