Pode Deus mentir?


Pergunta: "Pode Deus mentir?"

Resposta:
Deus é santo (Isaías 6:3), e essa qualidade torna impossível que Ele minta. A santidade de Deus é a Sua perfeição moral e ética, ou seja, a Sua integridade absoluta que O diferencia de todas as Suas criaturas. A santidade de Deus está, portanto, relacionada à Sua transcendência. Deus não se conforma a nenhum padrão de pureza; Ele é o padrão. Deus é absolutamente santo, a saber, Ele possui uma pureza infinita e incapaz de ser mudada. Por causa de Sua santidade, quando Deus fala, Ele não pode mentir e nunca o fará. Ele nunca engana, distorce ou deturpa o que diz ou faz. Mentir é contra a Sua natureza.

Como Deus não pode mentir, a Palavra de Deus, a Bíblia, é completamente confiável (1 Reis 8:56; Salmo 119:160). "Toda palavra de Deus é pura; ele é escudo para os que nele confiam" (Provérbios 30:5). O caráter de Deus e as comunicações que procedem do Seu caráter são mais puras do que qualquer coisa que este mundo possa produzir: "As palavras do Senhor são palavras puras, prata refinada em cadinho de barro, depurada sete vezes" (Salmo 12:6).

A base da promessa de Deus a Abraão em Gênesis 12 era a natureza imutável de Deus; isto é, o sólido atributo da verdade de Deus torna tudo o que Ele diz totalmente confiável: "Pois, quando Deus fez a promessa a Abraão, visto que não tinha ninguém superior por quem jurar, jurou por si mesmo,

dizendo: Certamente, te abençoarei e te multiplicarei" (Hebreus 6:13-14). O texto continua com a afirmação de que "é impossível que Deus minta" (Hebreus 6:18).

Se Deus pudesse mentir, Ele não seria transcendente; de fato, seria como nós — a humanidade tem uma reputação de esconder, deturpar e distorcer a verdade. Mas "Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá?" (Números 23:19).

Desde o início, Deus tem recompensado a fé nEle (Gênesis 15:6; Hebreus 11:6). A fé, ou confiança, só pode ser uma coisa boa se o seu objeto for digno de confiança. A fé em uma pessoa ou coisa não confiável é uma desvantagem. Se Deus pudesse mentir, então as Suas palavras seriam suspeitas, e Ele seria indigno de nossa confiança. No entanto, a verdade é que Ele é totalmente dependente: "As obras de suas mãos são verdade e justiça; fiéis, todos os seus preceitos" (Salmo 111:7).

Jesus, que subsiste "em forma de Deus" (Filipenses 2:6), é "cheio de graça e de verdade" (João 1:14). Tudo o que Jesus disse e ensinou era a verdade absoluta. Tudo o que Ele fez refletiu a verdade. Pessoas como Pilatos sempre ficarão confusas com a verdade (João 18:38), mas Jesus veio "a fim de dar testemunho da verdade" (versículo 37). Jesus é, de fato, a própria verdade (João 14:6). Jesus não pode mentir porque Deus não pode mentir, pois "todo aquele que é da verdade ouve a minha voz" (João 18:37).

Deus, que não pode mentir, é de pureza moral transcendente. Ele também quer a pureza moral em Seus filhos. Deus não pode mentir, e os seguidores de Cristo não devem mentir: "Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros" (Efésios 4:25). "Quem há de morar no teu santo monte?", pergunta o salmista. A resposta, em parte, é que Deus mora com "o que … de coração, fala a verdade" (Salmo 15:2). Que possamos amar a verdade como Deus a ama.

English


Voltar à página principal em português

Pode Deus mentir?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana