O que podemos aprender da vida de Barnabé?


Pergunta: "O que podemos aprender da vida de Barnabé?"

Resposta:
No livro de Atos, encontramos um levita de Chipre chamado José (Atos 4:36), a quem os apóstolos chamavam de Barnabé. Aquele apelido, que significa "Filho de Incentivo" (Atos 4:36-37) ou "Filho de Exortação", provavelmente lhe foi dado por causa de sua inclinação a servir aos outros (Atos 4:36-37, 9:27) e sua disposição de fazer o que os líderes da igreja precisassem (Atos 11:25-30). Ele é mencionado como um "homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé." Através de seu ministério, "muita gente se uniu ao Senhor" (Atos 11:24). Paulo usa Barnabé como um exemplo de uma perspectiva adequada sobre dinheiro e propriedade. Quando vendeu sua terra, ele trouxe o preço aos apóstolos e o depositou aos seus pés (Atos 4:36-37).

Quando a igreja primitiva começou a crescer, apesar da perseguição de Herodes, Barnabé foi chamado pelo Espírito Santo para ir com Paulo em uma jornada missionária (Atos 13:1-3). O primo de Barnabé, João Marcos, serviu a ele e Paulo como seu assistente (Atos 13: 5; Colossenses 4:10). Durante a primeira viagem missionária, por uma razão não especificada, João Marcos os deixou e não completou a jornada (Atos 13:13). No entanto, Barnabé continuou com Paulo e ficou com ele quando o ministério de Paulo foi redirecionado para alcançar os gentios com o evangelho (Atos 13:42-52).

Depois daquela primeira viagem, Paulo e Barnabé começaram a planejar sua próxima jornada. Barnabé queria levar seu primo, mas Paulo recusou, e uma fenda cresceu entre eles a ponto de se separarem (Atos 15: 36-41). Barnabé, fiel ao seu apelido, aproximou-se de João Marcos e passou um tempo discipulando-o. Evidentemente, esse ministério foi tão eficaz que, anos depois, Paulo pediu especificamente que João Marcos viesse a ele, uma vez que Marcos tinha amadurecido a ponto de tornar-se útil a Paulo em seu ministério (2 Timóteo 4:11).

A única menção negativa de Barnabé nas Escrituras é em referência a um incidente no qual a hipocrisia de Pedro influenciou outros judeus (inclusive Barnabé) a evitar alguns gentios na hora de comer (Gálatas 2:13).

Como Barnabé, os cristãos são chamados a ser encorajadores, particularmente daqueles que são fracos na fé ou estão tendo dificuldades. Atos 11:23 retrata Barnabé como um homem que ficou encantado ao ver outros exibindo a graça de Deus em suas vidas, exortando e encorajando-os a permanecer fiéis. Da mesma forma, devemos procurar oportunidades para elogiar aqueles que trazem glória e honra a Deus através de vidas que refletem sua fé. Além disso, Barnabé é um exemplo de um espírito generoso quando se trata de dar sacrificialmente à obra do Senhor.

English


Voltar à página principal em português

O que podemos aprender da vida de Barnabé?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana