Será possível pecar no Céu?

Será possível pecar no Céu?


Pergunta: "Será possível pecar no Céu?"

Resposta:
A Bíblia descreve o céu ou o estado eterno em grande detalhe em Apocalipse capítulos 21–22. Em nenhum lugar desses capítulos a possibilidade do pecado é mencionada. De fato, temos a promessa de que, no estado eterno, nunca experimentaremos morte, tristeza, choro ou dor (Apocalipse 21:4) - a ausência dessas coisas é uma prova positiva de que o pecado também está ausente, visto que essas coisas são o produto do pecado (veja Romanos 6:23).

Os pecadores não estarão no céu, mas no lago de fogo (Apocalipse 21:8). Nada impuro jamais entrará no céu (Apocalipse 21:27). Fora do céu estão aqueles que pecam (Apocalipse 22:15). Uma profecia do Antigo Testamento também nos assegura que o Reino de Deus excluirá a pecaminosidade:

“E ali haverá bom caminho, caminho que se chamará o Caminho Santo; o imundo não passará por ele, pois será somente para o seu povo; quem quer que por ele caminhe não errará, nem mesmo o louco. … mas os remidos andarão por ele” (Isaías 35:8–9).

Portanto, a resposta é: não, não será possível pecarmos no céu.

Deus quer a nossa santificação (1 Tessalonicenses 4:3); isto é, Ele quer nos tornar santos e livres do pecado. Nossa santificação tem três fases: a santificação posicional, que nos salva da penalidade do pecado no momento da fé em Cristo; a santificação progressiva, que nos salva do poder do pecado quando crescemos em Cristo; e a completa santificação, que nos salva da presença do pecado quando entramos na presença de Cristo. “Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele” (1 João 3:2). Em outras palavras, o processo pelo qual Deus nos santifica envolve justificação, amadurecimento e glorificação.

A glorificação que Deus promete a Seus filhos (Romanos 8:30) necessariamente inclui a impecabilidade porque os seres pecaminosos não podem ser gloriosos. O céu, o lugar da glória de Deus, é sem pecado. Paulo ora em 1 Tessalonicenses 5:23: "O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo", e liga o glorioso aparecimento de Cristo à nossa glorificação pessoal: "Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória” (Colossenses 3:4). Este estado glorificado será nossa separação final do pecado, uma total santificação em todos os aspectos. Não será possível pecarmos no céu.

Tiago 1:14 fornece outra garantia de que não pecaremos no céu: “Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz.” Neste mundo pecaminoso, enfrentamos diariamente tentações, e Tiago identifica duas forças que nos induzem ao pecado: o nosso próprio desejo maligno (nossa natureza pecaminosa) e a sedução (os esquemas do diabo). Nenhuma dessas forças estará no céu. Nossa natureza pecaminosa terá sido erradicada em nossa glorificação, e o tentador terá sido consignado ao lago de fogo onde não pode mais nos fazer mal algum (Apocalipse 20:10).

O ensino da Bíblia é que o céu ou o estado eterno é completamente sagrado. Não haverá possibilidade de pecado, seremos revestidos de justiça (Apocalipse 19:8), e seremos eternamente confirmados em nosso estado de bem-aventurança. A obra que Deus prometeu completar em nós terá sido completada (Filipenses 1:6). Nosso livramento será completo, pois os eleitos serão redimidos - corpo, alma e mente - para a glória do Cordeiro (Apocalipse 5:6–10).

English
Voltar à página principal em português

Será possível pecar no Céu?

Assine a pergunta da semana