settings icon
share icon
Pergunta

Por que não consigo parar de pecar? Por favor, ajude!

Resposta


Todo crente, uma vez ou outra, lamentou sua incapacidade de parar de pecar. Embora tenhamos a tendência de pensar que o problema se origina da fraqueza em nós mesmos, a incapacidade de parar de pecar geralmente indica uma deficiência em nossa compreensão da força de Deus. Quando não entendemos o Seu poder de salvar, perdoar e nos purificar de toda injustiça (1 João 1:9), podemos ser pegos em um ciclo destrutivo de pecado, culpa e medo, que leva à falta de alegria em nossa salvação, que leva a mais pecado.

No Salmo 51:12, Davi suplica a Deus: “Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário.” Ele escreveu isso depois de ter caído nos graves pecados de adultério e assassinato. É interessante notar que ele pede a Deus o retorno da alegria de Sua salvação. A alegria é a chave para a nossa vitória sobre o pecado. Também é importante que entendamos que Deus nos sustenta “com um espírito voluntário”. Deus Se alegra em nos salvar, e nós nos alegramos em ser salvos.

Deus nos salvou voluntariamente, para mostrar a Sua graça, amor e força. A nossa salvação não depende de quanto pecamos, quanto evangelizamos, quanto nos arrependemos ou fazemos boas obras, quão amorosos ou desamorosos somos ou qualquer outra coisa sobre nós. A nossa salvação é inteiramente um produto da graça, amor e propósito de Deus (Efésios 2:8-9). Isso é importante entender porque (ironicamente) acreditar que somos responsáveis por guardar a lei leva inevitavelmente à incapacidade de parar de pecar.

Paulo explica isso em Romanos 7:7-10. Quando entendemos uma lei, como “não cobiçais”, a nossa natureza pecaminosa inevitavelmente se rebela contra essa lei, e nós cobiçamos. Esta é a situação do homem - é simplesmente como somos. A lei agrava a nossa natureza pecaminosa. A graça de Deus pode fazer o que a lei nunca poderia fazer: purificar-nos do pecado.

Portanto, a maneira de parar de pecar não é adicionar mais regras. Deus sabia disso. Na verdade, Deus nos deu a lei para que tivéssemos consciência dos nossos pecados e nos convertêssemos a Ele (Romanos 3:19-20; Gálatas 3:23-26). A lei é boa. É um reflexo da natureza de Deus e da Sua perfeição. Mas não nos foi dada para a nossa salvação. Cristo cumpre a lei por nós (Mateus 5:17).

Quando discordamos de Deus e nos apegamos à ideia de que devemos cumprir a lei, perdemos a nossa alegria na salvação e nos preparamos para o fracasso. Trabalhamos sob um fardo terrível. Sentimo-nos pressionados a fazer algo para garantir a salvação, mas, ao mesmo tempo, a nossa natureza pecaminosa nos torna incapazes de obedecer à lei. Quanto mais nos concentramos na lei, mais a nossa natureza pecaminosa se rebela. Quanto mais a nossa natureza pecaminosa se rebela, mais amedrontados ficamos de que não somos salvos. Quanto mais assustados e sem alegria nos tornamos, mais tentadora é a promessa de felicidade do pecado.

A única maneira de quebrar o ciclo e parar de pecar é aceitar o fato de que não podemos parar de pecar. Isso pode parecer contraditório, mas se uma pessoa não parar de tentar se salvar, ela nunca descansará no conhecimento de que Deus a salvou. A alegria da salvação vem de aceitar o fato de que a graça de Deus nos cobre, que Ele nos mudará e nos conformará à imagem de Cristo, e que a obra é Sua, não nossa (Romanos 8:29; Filipenses 1:6; Filipenses 2:13; Hebreus 13:20-21). Uma vez que esta realidade é verdadeiramente compreendida, o pecado perde o seu poder. Não sentimos mais o impulso de recorrer ao pecado como meio de alívio temporário da ansiedade, porque a ansiedade e a pressão foram aliviadas de uma vez por todas por Cristo (Hebreus 10:10, 14). Então, as boas obras que realizamos com fé são feitas por amor e alegria, e não por medo ou dever.

“O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês não é vão” (1 Coríntios 15:56-58).

English



Voltar à página principal em português

Por que não consigo parar de pecar? Por favor, ajude!
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries