settings icon
share icon
Pergunta

O que significa orar pelo pão de cada dia?

Resposta


A Oração do Senhor, a oração que Jesus usou para instruir Seus seguidores a orar, é bem conhecida entre os cristãos. Muitos a recitam em uníssono como forma de liturgia; outros meditam em cada porção em seu tempo privado com Deus ou veem que é um modelo dos componentes da oração. A oração está registrada em Mateus 6:9-13 e Lucas 11:2-4. Uma parte da oração diz: "O pão nosso de cada dia dá-nos hoje" (Mateus 6:11).

O primeiro e mais óbvio significado desse pedido é que Deus nos sustenta fisicamente. Jesus talvez estivesse se referindo à provisão de maná de Deus, que era dada todos os dias no deserto (Êxodo 16:4-12; Deuteronômio 8:3; João 6:31). Reconhecemos Deus como nosso provedor e confiamos nEle para atender às nossas necessidades diárias. Isso não significa que esperamos que Deus literalmente faça chover maná sobre nós, mas que entendemos que Ele é quem torna nosso trabalho frutífero, às vezes até suprindo necessidades físicas de maneiras milagrosas. Pouco depois de instruir Seus seguidores a orar, Jesus falou com eles sobre a ansiedade. Cristo disse: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?... buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:25, 33). Curiosamente, na Oração do Senhor, o pedido imediatamente anterior ao apelo pelo pão de cada dia é para que venha o reino de Deus.

Pedir o pão de cada dia não se trata apenas de provisão física. Também pode se referir a pedir a Deus que supra as nossas necessidades menos tangíveis. Em Mateus 7:7-11 Jesus disse: "Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á. Ou qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra? Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem?" Bons pais fornecem não apenas o que seus filhos precisam para a vida física, mas também para as necessidades práticas, emocionais e relacionais. Deus é o doador de boas dádivas (Tiago 1:17). "Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?" (Romanos 8:32).

Deus já satisfez nossa maior necessidade espiritual, a de perdão e restauração, por meio de Cristo (Colossenses 2:13; 2 Coríntios 5:17, 21; João 20:31). Mas Ele não para por aí. Jesus chama a Si mesmo de "Pão da Vida" (João 6:35). "A vida estava nele e a vida era a luz dos homens" (João 1:4). Jesus diz que veio para nos trazer vida abundante (João 10:10). Não apenas somos salvos para a eternidade, mas também experimentamos um relacionamento restaurado com Deus agora. Nós O buscamos diariamente, e Ele nos renova dia a dia (2 Coríntios 4:16). O ramo é continuamente nutrido pela Videira (João 15:5).

Sim, Deus nos sustenta fisicamente e atende às necessidades menos tangíveis desta vida. Mais do que isso, Ele preenche nossas necessidades espirituais. Ele é o pão que sacia a nossa fome espiritual. Ele sustenta nossos corações. Quando pedimos a Deus o pão nosso de cada dia, estamos humildemente reconhecendo-O como o único doador de tudo o que precisamos. Estamos vivendo dia a dia, um passo de cada vez. Estamos exercendo fé simples nEle para fornecer exatamente o que precisamos, quando precisamos – para todas as áreas da vida.

English



Voltar à página principal em português

O que significa orar pelo pão de cada dia?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries