settings icon
share icon
Pergunta

O sexo é pecado?

Resposta


No ambiente adequado, o sexo não é pecado. Na verdade, o sexo é ideia de Deus. Em Mateus 19:4-6, Jesus declara com autoridade divina: “Vocês não leram que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: ‘Por isso o homem deixará o seu pai e a sua mãe e se unirá à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne’? De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, que ninguém separe o que Deus ajuntou.” O relato da criação é, portanto, a base para a instituição do casamento, que foi validado pelo próprio Criador e estabelecido para ser uma união vitalícia entre um homem e uma mulher.

O próprio fato de que Deus criou a humanidade como “homem e mulher” revela que fomos criados como seres sexuais. E a ordem de Deus de “sejam fecundos, multipliquem-se” não pode ser cumprida sem o sexo (Gênesis 1:28). O sexo é um mandato dado por Deus, então não há como ele ser um pecado se feito com o parceiro do sexo oposto dentro da união matrimonial.

A palavra sexo não é encontrada na Bíblia. As inúmeras menções da palavra na sociedade e a tendência do mundo a zombar deram a ela uma certa notoriedade. Mas Deus nunca quis que fosse uma palavra suja.

O Cântico de Salomão segue um relacionamento amoroso entre um marido e sua esposa durante o período de noivado, noite de núpcias e além. A descrição do prazer do marido e da esposa no capítulo 4 é discreta, mas inconfundível em seu significado. Essa descrição é seguida em 5:1 com a aprovação de Deus: “Comam e bebam, meus amigos; até ficarem embriagados de amor.”

É somente fora do casamento que o sexo é pecaminoso. Deus deixou bem claro que o leito conjugal deve ser mantido puro (Hebreus 13:4). A atividade sexual fora do casamento é chamada de fornicação. 1 Coríntios 6:9-10 diz: “Ou vocês não sabem que os injustos não herdarão o Reino de Deus? Não se enganem: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem afeminados, nem homossexuais, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o Reino de Deus.” Fazer sexo sem o benefício do casamento é imoral, e “a vontade de Deus é a santificação de vocês: que se abstenham da imoralidade sexual” (1 Tessalonicenses 4:3; cf. 1 Coríntios 6: 18).

Se a mensagem da Bíblia sobre abster-se do sexo até o casamento fosse mantida, haveria muito menos doenças sexualmente transmissíveis, muito menos abortos, muito menos gravidez indesejada e muito menos crianças crescendo sem ambos os pais em suas vidas. A abstinência salva vidas, protege bebês, dá às relações sexuais o devido valor e, mais importante, honra a Deus.

De modo algum o sexo entre o marido e a sua mulher é pecado. Pelo contrário, é uma bela expressão de amor, confiança, compartilhamento e unidade. O sexo é um presente de Deus para um casal para prazer e procriação.

English



Voltar à página principal em português

O sexo é pecado?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries