settings icon
share icon
Pergunta

Os negros são amaldiçoados?

Resposta


Não, os negros não são amaldiçoados. Os negros são criados à imagem e semelhança de Deus tanto quanto qualquer outra etnia da humanidade. A ideia de que os negros são amaldiçoados por Deus e divinamente destinados a serem subservientes a outras raças é frequentemente chamada de “maldição de Cam”, com base em um incidente registrado em Gênesis capítulo 9. Outras alegações remontam a Gênesis 4, dizendo que a “marca de Caim”, que acompanhou uma maldição sobre Caim, foi que a pele de Caim ficou preta. O problema é que nenhuma dessas passagens diz nada sobre raça ou cor da pele. Aqueles que dizem que os negros são amaldiçoados por Deus não têm base bíblica para suas afirmações.

Em Gênesis 9, Cam vê o seu pai deitado bêbado e nu em sua tenda (Gênesis 9:20-22). Cam conta a seus irmãos sobre a condição do seu pai, e os irmãos desviam os olhos e o cobrem respeitosamente (Gênesis 9:23). Quando Noé voltou a si, descobriu o que havia acontecido e lançou uma maldição sobre Canaã, um dos filhos de Cam:

“Maldito seja Canaã! Escravo de escravos será para os seus irmãos” (Gênesis 9:25).

Os descendentes de Cam, de acordo com a Bíblia, incluíam os assírios, cananeus, egípcios e etíopes (Gênesis 10:6-20). Aqueles que aderem à teoria de que pessoas negras ou de pele escura são amaldiçoadas apontam para o fato de que os descendentes de Cam incluem africanos; eles também dizem que o nome de Cam, que significa "quente" em hebraico, é uma evidência de que as pessoas de pele escura do mundo todo, que vêm principalmente de climas mais quentes, são todos filhos de Cam e, portanto, parte dessa maldição. Os primeiros teólogos cristãos às vezes usavam esse raciocínio na tentativa de explicar (não necessariamente endossar) por que algumas pessoas eram rotineiramente escravizadas.

Invocar a “maldição de Cam” foi uma tática desenvolvida durante a ascensão do comércio de escravos no Atlântico em um esforço para justificar a escravidão forçada e racial. A conversa sobre a “maldição de Cam” era especialmente prevalente nos Estados Unidos no período que antecedeu a Guerra Civil. Tanto antes como depois dessa era, no entanto, os estudiosos cristãos notaram que a prática da escravidão baseada na raça era explicitamente antibíblica. O racismo (Gálatas 3:28; Apocalipse 7:9), o roubo de homens (Êxodo 21:16) e a servidão abusiva (Êxodo 21:20) são todos proibidos na Bíblia.

O primeiro ponto de refutação contra a ideia de que Gênesis 9 ensina que os negros estão sob maldição já foi mencionado: em nenhum lugar a raça ou a cor da pele são mencionadas nesse capítulo. Segundo, a maldição de Noé é especificamente lançada contra Canaã, não contra Cam; então, em termos literais, não existe uma “maldição de Cam” na Bíblia. Canaã, não Cam, foi predito para se tornar escravo de seus irmãos. Muitos dos descendentes de Cam nunca foram escravos; por exemplo, os egípcios, filhos de Cam, passaram a maior parte da sua história em uma posição superior à de Israel, filhos de Sem. Terceiro, os termos hebraicos usados em Gênesis 9:25-27 são frequentemente encontrados em contextos que sugerem inferioridade, mas não o trabalho forçado em si. A mesma palavra traduzida como “escravo” em Gênesis 9:25 é usada para Esaú em relação a Jacó (Gênesis 27:37-40), de Joabe em relação ao rei Davi (2 Samuel 14:22) e de Abraão em relação ao Senhor (Gênesis 18:3). Em nenhum desses casos a palavra carrega uma implicação de que escravos literais estavam envolvidos.

O cumprimento da maldição de Noé sobre Canaã ocorreu séculos depois, quando os israelitas (da linhagem de Sem) entraram na terra de Canaã e subjugaram os habitantes de lá (1 Reis 9:20-21).

Para refutar a teoria de que Gênesis 4 ensina que as pessoas negras ou de pele escura são amaldiçoadas ou merecedoras de discriminação, notamos as palavras da repreensão de Deus a Caim: “És agora, pois, maldito por sobre a terra” (Gênesis 4:11) e “pôs o SENHOR um sinal em Caim” (versículo 15). A palavra hebraica traduzida como “marca” é 'owth, e em nenhum lugar da Bíblia 'owth é usado para se referir à cor da pele. A maldição sobre Caim estava no próprio Caim; nada é dito da maldição de Caim continuando para os seus descendentes. Além disso, a “marca de Caim” foi feita para protegê-lo (versículo 15) e deve ser considerada uma mitigação da maldição, não a maldição em si. Não há absolutamente nenhuma base bíblica para a ideia de que os descendentes de Caim tinham pele escura. Além disso, a menos que uma das esposas dos filhos de Noé fosse descendente de Caim (possível, mas improvável), a linhagem de Caim terminou com o dilúvio.

Em suma, a afirmação de que pessoas de pele escura ou negra são “amaldiçoadas” por Deus vem de uma tentativa mundana e antibíblica de justificar o racismo. Não existe uma “maldição de Cam” e não há justificativa para a escravidão baseada em raça. O que coloca as raças umas contra as outras é a natureza pecaminosa dos seres humanos.

English



Voltar à página principal em português

Os negros são amaldiçoados?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries