O que significa ser uma mulher de Deus?


Pergunta: "O que significa ser uma mulher de Deus?"

Resposta:
Uma mulher de Deus é antes de tudo uma filha de Deus. Tornar-se uma filha de Deus acontece através de um relacionamento salvador com Jesus Cristo (João 1:12; 3:16-18, 36). Quando confiamos em Jesus para a salvação, tornamo-nos novas criações (2 Coríntios 5:17). Deus nos dá o Seu Espírito Santo que trabalha em nós e nos transforma para tornar-nos mais como Cristo (João 14:15-17; 1 João 4:13; 2 Coríntios 3:18). Mais simplesmente, uma mulher de Deus é uma mulher que foi salva por Jesus Cristo e que se submete à obra do Espírito Santo nela. Com o que isso se parece praticamente?

Uma mulher de Deus buscará conhecer mais a Deus através da leitura de Sua Palavra, tendo comunhão com Ele em oração e com outros amigos crentes, além de buscar ouvir ensino sadio. Ela sabe que "Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra" (2 Timóteo 3:16-17), então ela procura saber o que a Palavra de Deus diz. Ela procura apresentar-se "a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade" (2 Timóteo 2:15). Ela também atende à advertência de Tiago: "Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos" (Tiago 1:22).

Parte de fazer o que a Palavra diz é ter uma vida de oração ativa. Paulo nos instrui: "Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus" (Filipenses 4:6-7). Da mesma forma, 1 Tessalonicenses 5:16-18 diz: "Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." Uma mulher de Deus se aproxima de Deus com um coração agradecido e entrega as suas preocupações nas Suas mãos (1 Pedro 5:7). Ela confia na capacidade de Deus e em Seu amor, e assim traz sua adoração e ansiedades ao Seu trono (Hebreus 4:14-16).

Uma mulher de Deus obedece aos Seus mandamentos de amar os outros bem. Seu discurso é edificante e encorajador, não calunioso ou cheio de fofoca ou má intenção (Efésios 4:29; 1 Pedro 2:1-3). Ela é gentil, compassiva e perdoadora (Efésios 4:32). Ela ajuda a sustentar os fardos de outros crentes (Gálatas 6:2, Romanos 12:15). Na medida em que tem oportunidade, ela tenta fazer o bem a todos, especialmente aos que também fazem parte da família de Deus (Gálatas 6:10). Ela não é presunçosa, mas vive com um espírito de humildade (Romanos 12:10, 16, Filipenses 2:5-11). Ela não resmunga ou discute desnecessariamente ou causa discórdia, mas tenta viver em harmonia com os outros (Romanos 12:16, 18, Filipenses 2:14).

Uma mulher de Deus segue o ensinamento de Pedro para santificar "a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo" (1 Pedro 3:15-16). Ela tenta abster-se "das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma, mantendo exemplar o vosso procedimento no meio dos gentios, para que, naquilo que falam contra vós outros como de malfeitores, observando-vos em vossas boas obras, glorifiquem a Deus no dia da visitação" (1 Pedro 2:11-12).

Uma mulher de Deus ansiosamente faz a obra que Deus lhe deu (Romanos 12:11). Se for uma mulher mais velha, ela é um exemplo para as mais jovens (Tito 2:3-5). Ela passa parte do seu tempo com outros crentes, encorajando-os e sendo encorajada por eles (Hebreus 10:24-25). Ela é submissa, o que significa que ela pensa nos outros antes de si mesma, como todos os cristãos são chamados a fazer (Efésios 5:21). Ela atende ao mandamento de Pedro de "Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor….. Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos; como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus. Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei" (1 Pedro 2:13-17). Ela sabe que é altamente valorizada em Cristo (Gálatas 3:28) e opta por imitá-lo ao abrir mão de sua vontade própria. Se for casada, ela permite que o seu marido guie a família (Efésios 5:21-33; 1 Pedro 3:1-2). Ela honra seus pais (Efésios 6:1-3) e, se tiver filhos, cuida deles (Tito 2:3-5; 1 Timóteo 5:14). Ela gerencia bem sua casa e de acordo com os princípios divinos (Tito 2:3-5; Provérbios 14:1; 31).

A mulher da beleza de Deus é "o que é exterior, como frisado de cabelos, adereços de ouro, aparato de vestuário; seja, porém, o homem interior do coração, unido ao incorruptível trajo de um espírito manso e tranquilo, que é de grande valor diante de Deus" (1 Pedro 3:3-4). Em última análise, a mulher de Deus é uma obra em progresso, uma obra-prima de Deus, salva pela Sua graça através da fé (Efésios 2:8-10), e se torna mais como Jesus ao procurar conhecê-Lo e obedecer a Ele.

English

Voltar à página principal em português

O que significa ser uma mulher de Deus?

Assine a pergunta da semana