O que é modalismo / monarquianismo modalista?


Pergunta: "O que é modalismo / monarquianismo modalista?"

Resposta:
O modalismo e monarquianismo são duas visões falsas da natureza de Deus e de Jesus Cristo que apareceram no segundo e terceiro séculos d.C. Um modalista vê Deus como uma pessoa em vez de três pessoas e acredita que o Pai, o Filho e o Espírito são simplesmente modos ou formas diferentes da mesma Pessoa divina. Segundo o modalismo, Deus pode alternar entre três manifestações diferentes. Um monarquista acredita na unidade de Deus (a palavra latina monarchia significa "reino único") ao ponto de negar a natureza trina de Deus. Tanto o modalismo quanto o monarquianismo se apegam inevitavelmente à doutrina do patripassianismo, o ensinamento de que Deus Pai sofreu na cruz com (ou como) o Filho e está intimamente relacionado ao sabelianismo.

O monarquianismo assumiu duas formas primárias - o Monarquianismo Dinâmico (ou adopcionista) e Monarquianismo Modalista. O Monarquianismo Dinâmico começou com uma visão errônea da natureza especificamente de Jesus. Essa visão crê que Ele não era Deus, mas foi, em Seu batismo, capacitado por Deus para fazer as maravilhas que fez. O Monarquianismo Modalista, por outro lado, adotou a visão modalista de que Jesus era Deus, mas apenas em virtude do fato de que Jesus era uma das “manifestações” de Deus. De acordo com o monarquianismo, o Logos de Deus não tem a sua própria existência pessoal separada. Os termos bíblicos Pai, Filho e Espírito são apenas nomes diferentes para a mesma pessoa, de acordo com o monarquista.

O Monarquianismo Modalista ensina que a unidade de Deus é incompatível com uma distinção de Pessoas dentro da Divindade. De acordo com o modalismo, Deus manifestou-se diversamente como o Pai (principalmente no Antigo Testamento), como o Filho (principalmente desde a concepção de Jesus até a Sua ascensão) e como o Espírito Santo (principalmente após a ascensão de Jesus ao céu). O Monarquianismo Modalista tem suas raízes no falso ensinamento de Noeto de Esmirna por volta do ano 190. Noeto se chamou de Moisés e chamou seu irmão de Arão, e ele ensinou que, se Jesus era Deus, então Ele deve ser o mesmo que o Pai. Hipólito de Roma se opôs a essa falsidade em seu "Contra Noetum". Uma forma primitiva do Monarquianismo Modalista também foi ensinada por um sacerdote da Ásia Menor chamado Práxeas, que viajou para Roma e Cartago por volta de 206 d.C. Tertuliano rebateu o ensinamento de Práxeas em “Contra Práxeas” por volta de 213. O Monarquianismo Modalista e suas heresias correlatas também foram refutadas por Orígenes, Dionísio de Alexandria e o Conselho de Nicéia em 325.

Uma forma de monarquianismo ainda existe hoje no pentecostalismo unicista. Na teologia da unidade, que é antitrinitária, não há distinções entre as Pessoas da Divindade. Jesus é Deus, mas Ele também é o Pai e o Espírito. Em um leve desvio do modalismo antigo, os pentecostais unicistas ensinam que Deus é capaz de se manifestar em todos os três “modos” simultaneamente, como no batismo de Jesus em Lucas 3:22.

A Bíblia apresenta Deus como um só Deus (Deuteronômio 6:4), mas fala de três pessoas - o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Mateus 28:19). Como essas duas verdades se harmonizam é inconcebível para a mente humana. Quando tentamos entender o inescrutável, sempre falhamos em graus variados. Entretanto, a Escritura é clara: Deus existe em três pessoas co-eternas e co-iguais. Jesus orou ao Pai (Lucas 22:42) e agora está sentado à direita do Pai no céu (Hebreus 1:3). O Pai e o Filho enviaram o Espírito ao mundo (João 14:26; 15:26). O modalismo e o Monarquianismo Modalista mais específico são teologicamente perigosos porque atacam a própria natureza de Deus. Qualquer ensinamento que não reconhece Deus como três pessoas distintas é antibíblico.

English
Voltar à página principal em português

O que é modalismo / monarquianismo modalista?

Assine a pergunta da semana