O que é a meditação transcendental?


Pergunta: "O que é a meditação transcendental?"

Resposta:
A meditação transcendental (ou MT) é uma técnica para alcançar a paz interior e a renovação espiritual ao concentrar-se em um mantra repetido silenciosamente. Quando a mente “se acalma”, o praticante é capaz de “transcender” o pensamento e entrar num estado silencioso de felicidade e tranquilidade.

A prática da meditação transcendental tem suas raízes no Hinduísmo. Originou-se na Índia, onde foi ensinada pelo guru (ou maharishi) Mahesh Yogi, com base em sua interpretação das tradições védicas hindus. O maharishi começou a ensinar a prática nos anos 50, e desde então se tornou uma das técnicas de meditação mais pesquisadas e praticadas. Estudos científicos, inclusive os feitos pela American Cancer Society, concluíram que a meditação transcendental não tem qualquer efeito comprovado na doença. No entanto, muitas pessoas que praticam a meditação transcendental relatam maior relaxamento e melhor autoconhecimento.

Embora a meditação transcendental tenha sido chamada de religiosa e não-religiosa, as semelhanças entre a prática da meditação transcendental e a prática de rituais religiosos de oração não podem ser negadas. A postura básica para a meditação transcendental é sentar-se por 15 a 20 minutos, com os olhos fechados, repetindo um mantra ou um som simples para limpar a mente do pensamento. Quando comparado às orações muçulmanas, que têm uma postura prescrita e incluem repetição verbal; ou às orações praticadas por alguns cristãos, que podem incluir uma palavra ou frase repetida, e à injunção de se ajoelhar ou assumir uma postura específica, as semelhanças são óbvias. Por causa de sua semelhança com a oração religiosa e seu apelo aparente para algo maior do que a si mesmo para a cura, a meditação transcendental tem sido chamada de religiosa. Por outro lado, no Cristianismo ou Islamismo, o objeto da oração é um Espírito Divino e frequentemente inclui petição, mas a prática da meditação transcendental limpa a mente e não se dirige a um deus, e é em parte por isso que a prática tem sido chamada de não-religiosa.

Não está claro o que realmente acontece com o corpo e a mente durante a meditação transcendental. A pesquisa continua, mas até agora só há evidências experimentais, e não científicas, sobre os benefícios da meditação transcendental. Isso não quer dizer que a meditação transcendental não tenha efeitos, apenas que a medicina ocidental não tem como medi-los. A meditação transcendental é uma prática inerentemente espiritual e depende do mundo metafísico. O método científico depende do mundo físico ou natural, e não é de surpreender que seja ineficaz no estudo do mundo metafísico ou sobrenatural.

A Bíblia não tem nada a dizer sobre a meditação transcendental em si, mas tem algumas coisas a dizer sobre a mente que podem ser úteis para decidir se deve-se ou não praticar a meditação transcendental. A Bíblia é clara sobre em que meditar: não em uma palavra ou frase sem sentido, mas na Palavra de Deus. A pessoa que "na sua lei medita de dia e de noite" é abençoada (Salmos 1:2). A paz é um fruto do Espírito (Gálatas 5:22). A paz não é encontrada no esvaziamento da mente, mas no preenchimento da mente com a Palavra.

Além disso, meditar nas coisas da carne é morte e fixar a mente no Espírito é vida e paz (Romanos 8:5–6). Aqueles que praticam a meditação transcendental estão fixando suas mentes em seu próprio espírito, olhando dentro de si mesmos a fim de transcender a si mesmos, ao invés de no Espírito de Deus. A advertência contra fixar a mente nas coisas da carne não significa que o corpo seja mau ou que pensar em qualquer pensamento sobre si mesmo seja automaticamente perverso. A Bíblia está simplesmente nos advertindo do vazio inerente à carne humana - sua incapacidade de dar vida. Pesquisar a própria mente - ou esvaziar a mente de todos os pensamentos - pode resultar em uma dormência ou fuga temporária da realidade, mas a meditação transcendental não traz e não pode trazer a verdadeira paz. Ela olha para o espírito da criatura humana e para a criação, que são inerentemente limitadas em seu poder. Somente o Espírito dinâmico e vivificante de Cristo, o Criador, pode criar em nós verdadeira paz, alegria, saúde e vida.

English
Voltar à página principal em português

O que é a meditação transcendental?

Assine a pergunta da semana