O que significa ser um marido piedoso?


Pergunta: "O que significa ser um marido piedoso?"

Resposta:
Quando perguntamos como ser um marido piedoso, uma das primeiras verdades a reconhecer é que ninguém é naturalmente piedoso. Nem homens ou mulheres podem ser em suas próprias forças tudo o que Deus quer que sejam. Portanto, ser um marido ou esposa piedosa exige que primeiro entreguemos nossa vida ao senhorio de Jesus Cristo. Ser verdadeiramente “piedoso” significa que devemos ter Deus. Quando o Seu Espírito vive em nós, Ele nos capacita a viver vidas piedosas (Gálatas 2:20; Tito 2:12).

Filipenses 2:3–4 estabelece um alicerce para todos os relacionamentos piedosos, inclusive o casamento: “Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros.” No casamento, isso significa que o marido e a esposa não são mais seus próprios patrões. Cada um voluntariamente entregou ao outro o direito de fazer o que quiserem quando quiserem. Isso pode ser particularmente difícil para os homens, especialmente se foram solteiros por muito tempo. Pode nunca passar pela cabeça de um homem que sua esposa não é tão interessada quanto ele em passar o fim de semana no jogo de futebol ou outro hobby parecido. Entretanto, esta passagem nos instrui a considerar intencionalmente os sentimentos e ideias dos outros, ao invés de supor que pensam como nós.

1 Pedro 3:7 diz: “Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações.” O termo “parte mais frágil” tem sido muitas vezes mal interpretado. Ele não implica inferioridade, já que o versículo continua com a afirmação de que uma mulher é coerdeira do marido. Dentro do contexto deste versículo, “mais frágil” significa que uma mulher não deve ser tratada como “um dos rapazes”. Ela é criada de maneira diferente, tanto no corpo quanto no espírito. "Com discernimento" é fundamental. Um marido deve estudar sua esposa, aprender quem ela é e fazer escolhas que destaquem suas forças e beleza. Confronto físico, intimidação verbal e negligência emocional não têm lugar em um casamento cristão. Viver com ela de um modo compreensível significa que um marido sábio controla suas próprias necessidades e desejos para que os dela sejam atendidos. Ele não a menospreza, não minimiza suas contribuições para a família e nem espera que ela faça o que Deus deu a ele para fazer. Ele faz do estudo de uma só mulher um empreendimento vitalício, e quer ser um especialista nisso.

Efésios 5 continua esta descrição de um marido piedoso. O versículo 25 diz: “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela”. Essa comparação com Cristo e a igreja diz muito. Os maridos devem demonstrar amor incondicional e sacrificial por suas esposas, da mesma forma que Jesus nos ama, Sua noiva, mesmo quando somos indisciplinados, desobedientes e indignos de amor. O versículo 28 prossegue dizendo: “Assim também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama.” Os homens geralmente não têm problema em amar seus próprios corpos. Realização sexual, coragem muscular e outras necessidades físicas são, muitas vezes, as principais prioridades. Deus está instruindo os maridos a darem às esposas a mesma prioridade que eles dão àquelas necessidades físicas. Jesus voluntariamente sujeitou o Seu próprio corpo ao abuso, humilhação e necessidade por causa de Sua noiva, a igreja. Esse é o modelo que esta Escritura dá para os maridos seguirem.

As esposas cristãs desejam uma liderança piedosa, não uma ditadura. No entanto, um homem não pode liderar onde não esteve antes. Um líder vai primeiro, mostrando o caminho, lutando por questões espirituais e depois apresentando as instruções de Deus para a sua família. Um relacionamento pessoal contínuo com Jesus é crucial para guiar uma família espiritualmente. Deus considera os homens responsáveis pelo bem-estar espiritual e físico de suas famílias (1 Timóteo 5:8). Mesmo que a esposa seja melhor em ensinar e liderar, o marido ainda deve estar envolvido no ensino de seus filhos. Ele deve liderar pelo exemplo em como frequenta a igreja, na leitura da Bíblia, na oração e nas disciplinas espirituais. É difícil para uma esposa cristã respeitar o marido em outras áreas quando ele não tem sido consistente em guiá-la espiritualmente.

Homens solteiros e casados podem se beneficiar das seguintes características de um líder piedoso. Um líder é

• Primeiro um servo (Mateus 23:11)

• Ensinável (Provérbios 19:20)

• Cheio do Espírito Santo (Atos 6:3)

• Entusiasmado sobre o seu papel (Efésios 6:7)

• Um modelo de humildade e perdão (1 Pedro 5:6; Efésios 4:32)

• Amável aos que ele lidera (Mateus 5:46; João 13:34-35)

• Pronto para admitir seus fracassos e áreas onde precisa crescer (Filipenses 3:12)

Mais especificamente, um homem pode se tornar um marido piedoso ao considerar o seguinte:

1. Sua agenda indica que sua família é uma prioridade máxima em termos de tempo, energia e foco?

2. Você está seguindo o conselho de 1 Pedro 3:7 e realmente estudando sua esposa?

3. Você está tomando a iniciativa de liderar a sua esposa espiritualmente ao compartilhar as coisas que Deus está lhe ensinando?

4. Você é sensível ao estado físico e às necessidades sexuais da sua esposa? Eles serão diferentes dos seus, e um marido piedoso respeita isso sem reclamar ou tentar “puni-la”.

5. Você está aceitando igual responsabilidade pelas crianças? Mesmo que sua esposa seja melhor em alguns aspectos da criação de crianças, seus filhos são de sua responsabilidade. Sua esposa precisa de um parceiro que compartilhe voluntariamente a carga com ela.

6. Examine o seu tom de voz. Você caiu em um hábito de aspereza, culpa ou sutil desaprovação?

7. Você já recorreu ao abuso físico ou verbal de qualquer forma? Se for necessário buscar ajuda para controlar a ira, busque-a!

8. Em áreas onde sua esposa é fraca, você está ajudando-a a crescer, em vez de criticá-la ou suprimi-la?

9. Você é um bom ouvinte? As esposas precisam compartilhar seus corações e você deve ser o lugar mais seguro para ela fazer isso.

10. Você é o guardião de seu coração, sonhos e autoestima? Você não pode ser Deus para ela, mas pode encorajá-la a se conectar com Deus de tal maneira que suas necessidades emocionais mais profundas sejam satisfeitas nEle.

Os homens frequentemente se medem pelos externos que estão fora de seu controle. Dinheiro, fama, capacidade física e poder são fugazes e temporários. No entanto, um marido pode escolher definir o sucesso pela forma como seguiu o comando de Deus para cuidar de sua esposa e liderar a sua família. Uma esposa feliz é um testemunho vivo do seu marido. Embora ele não seja responsável pela maneira como sua esposa responde, todo marido pode controlar quão bem está seguindo o modelo de Jesus em amar e liderar aqueles que Deus lhe confiou.

English
Voltar à página principal em português

O que significa ser um marido piedoso?

Assine a pergunta da semana