settings icon
share icon

O que é o livro de Enoque e será que deveria estar na Bíblia?

Resposta


O Livro de Enoque é uma das várias obras pseudoepígrafes (obras falsamente atribuídas, textos cuja autoria reivindicada é infundada) que se atribuem a Enoque, o bisavô de Noé; isto é, Enoque, filho de Jarede (Gênesis 5:18). Enoque também é uma das três pessoas na Bíblia levadas ao céu em vida (as únicas outras sendo Elias e Jesus), como a Bíblia diz: "Enoque andou com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus o tomou" (Gênesis 5:24; veja também Hebreus 11:5). Mais comumente, a frase "Livro de Enoque" refere-se a 1 Enoque, existente por completo apenas na língua etíope.

O livro bíblico de Judas cita o Livro de Enoque nos versículos 14-15: “Para estes também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos, para executar juízo sobre todos e convencer a todos os ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e de todas as duras palavras que ímpios pecadores contra ele proferiram.” Mas isso não significa que o Livro de Enoque foi inspirado por Deus e deveria fazer parte da Bíblia.

A citação de Judas não é a única citação na Bíblia de uma fonte extra-bíblica. O apóstolo Paulo cita Epimênides em Tito 1:12, mas isso não significa que devamos dar qualquer autoridade adicional aos escritos de Epimênides. O mesmo é verdade com Judas, versículos 14-15. Judas citando o livro de Enoque não indica que todo o Livro de Enoque seja inspirado, ou mesmo verdadeiro. Tudo o que significa é que aquele versículo em particular é verdadeiro. É interessante notar que nenhum estudioso acredita que o Livro de Enoque tenha sido realmente escrito pelo Enoque na Bíblia. Enoque nasceu sete gerações depois de Adão, antes do Dilúvio (Gênesis 5:1-24). Evidentemente, porém, isso foi genuinamente algo que Enoque profetizou - ou a Bíblia não atribuiria isso a ele: “Para estes também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos” (Judas 1:14). Esta declaração de Enoque foi evidentemente transmitida por meio de tradição e, por fim, registrada no Livro de Enoque.

Devemos tratar o Livro de Enoque (e os outros livros semelhantes) da mesma maneira que tratamos os outros escritos apócrifos. Algumas das afirmações dos apócrifos são verdadeiras e corretas, mas, ao mesmo tempo, muitas delas são falsas e historicamente imprecisas. Se você ler esses livros, terá de tratá-los como documentos históricos interessantes, mas falíveis, não como a inspirada e autoritária Palavra de Deus.

English



Voltar à página principal em português

O que é o livro de Enoque e será que deveria estar na Bíblia?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries