settings icon
share icon
Pergunta

O que a Bíblia diz sobre liturgia? O cristão deve participar do culto litúrgico?

Resposta


"Liturgia" é uma estrutura padrão para cultos religiosos públicos. A Escritura não delineia nenhuma forma padrão ao culto de adoração para a igreja. Ao mesmo tempo, várias passagens do Novo Testamento nos fornecem ingredientes importantes que devem fazer parte de uma igreja local saudável. Entre eles estão os seguintes:

Verdadeira comunhão: tratar os irmãos como, de fato, são - família, com o associado amor, unidade de coração e doação uns com os outros que é comum em uma boa família (Atos 2:44-46).

A observância das ordenanças: batismo de crentes e lembrança da Ceia / Comunhão do Senhor (Atos 2:41, 42, 46; 1 Coríntios 11:23-32).

A observância constante da doutrina dos apóstolos, a leitura da Palavra de Deus e o ensino/pregação da Palavra de Deus (Atos 2:42; 1 Timóteo 4:13-16; 2 Timóteo 4:2).

Oração e louvor, com dependência da direção do Espírito Santo (Atos 2:42,47; Atos 13:1-4; 1 Timóteo 2:1-8; Efésios 6:18).

Evangelismo e discipulado, com todos os membros da igreja usando seus dons espirituais para servir a Cristo como parte do Corpo de Cristo (Mateus 28:18-20; Atos 1:8; 1 Timóteo 4:5; Efésios 4:11-16; Romanos 12:3-8).

Embora algumas igrejas sejam rotuladas como "litúrgicas" por causa de sua ordem e maneira de culto muito formais e predeterminadas, todas as igrejas, em algum grau, têm um formato que normalmente seguem. A principal diferença seria o grau em que isso é verdade e a possibilidade de alterar esse formato comum, se necessário. É óbvio, a partir de Atos 13, que a igreja na cidade de Antioquia era flexível por estar aberta à direção do Espírito Santo. Se uma igreja é tão litúrgica que mudanças de acordo com a Sua liderança não são uma possibilidade, então a liturgia foi longe demais. Uma igreja que é muito estruturada nunca permitiria a liderança do Espírito, pois já têm sua própria "agenda"; não precisam dEle.

Existem dois perigos adicionais possíveis em relação ao culto litúrgico: (1) Liturgias planejadas por homens são falíveis e, portanto, precisam ser examinadas para ver se são escriturísticas. Mas isso é verdade tanto para as chamadas igrejas litúrgicas quanto para aquelas que não receberam esse rótulo. Em ambos os casos, os homens falíveis definem o formato do culto. (2) Liturgias que exigem a recitação de orações repetitivas, respostas, etc., podem começar a ser feitas mecanicamente, sem pensamento ou adoração verdadeira do coração. E quando isso acontece, tornam-se "repetições vãs". Mesmo assim, ainda é muito possível que alguém de coração sincero adore a Deus com orações repetidas, etc., enquanto reflete sobre o que está sendo dito e, assim, entra nessas orações com o coração. Além disso, mesmo em igrejas não litúrgicas, certas canções e coros são cantados repetidamente ao longo do tempo e apresentam o mesmo perigo de serem cantados levianamente, em vez de se refletir sobre o que está sendo dito e cantado.

Quer uma igreja seja litúrgica não é tão importante quanto a integridade da doutrina da igreja e a integridade do pastor doutrinal e espiritualmente (1 Timóteo 4:16; Atos 2:42). A concordância com as Escrituras, não a liturgia, determina se as práticas de uma igreja são compatíveis com as de uma igreja saudável e baseada na Bíblia.

English



Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre liturgia? O cristão deve participar do culto litúrgico?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries