Deve um cristão ter hobbies?


Pergunta: "Deve um cristão ter hobbies?"

Resposta:
Um hobby é algo que fazemos fora do nosso trabalho regular por prazer ou relaxamento. Por exemplo, pode ser caminhar, trabalhar com madeira, tocar um instrumento, ler, jogar jogos ou uma miríade de outras atividades. Deus sabe que precisamos relaxar de vez em quando e apenas nos divertir, mas precisamos ter uma diversão limpa e piedosa, não uma diversão mundana e pecaminosa. Sendo assim, é errado que os cristãos tenham hobbies? Não necessariamente. A maioria dos hobbies é neutra e não é correta nem errada. O principal é a atitude da pessoa que participa do hobby.

Paulo escreveu isto: “E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai” (Colossenses 3:17). Ele também escreveu: "Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus" (1 Coríntios 10:31). O verdadeiro barômetro para nossos hobbies deve ser se eles glorificam a Deus ou não, se os vemos como presentes de Deus pelos quais somos gratos, e se atraem ou não a nossa atenção para longe dEle. Tanto do nosso entretenimento hoje está enraizado no pecado, glorificando-o e alimentando a luxúria da carne e a luxúria dos olhos. Temos que ter cuidado para que nossos hobbies não estejam enraizados no pecado.

Os hobbies podem ser algo errado se os praticarmos com a intenção de escapar de Deus ou se os tivermos com a atitude errada. Podemos participar de esportes e desfrutar da camaradagem e do exercício que eles providenciam. Entretanto, se a nossa natureza competitiva nos leva a falar palavrões quando perdemos ou jogamos mal, se enrolamos o resultado, ou se começamos a ver nossos oponentes como inimigos, então isso seria errado e não glorificaria a Deus. Os esportes em si não são errados, mas a nossa participação neles se torna pecaminosa por causa de nossas atitudes e abordagem. No entanto, se desfrutamos dessas atividades com uma atitude de gratidão a Deus e a participação nelas não atrapalha nosso relacionamento com Ele, então o esporte ou hobby é uma influência positiva em nossas vidas.

A tentação com hobbies é usá-los como uma fuga da vida e, consequentemente, de Deus. Eles podem nos roubar tempo, tornar-se ídolos em nossas vidas e nos distrair de glorificar a Deus em tudo. Temos uma incrível liberdade em Cristo, mas Paulo ofereceu esta advertência: “Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor” (Gálatas 5:13).

Novamente, os hobbies não são necessariamente algo errado, mas quando nos consomem e tiram nossos olhos de Cristo, então definitivamente tornam-se em algo errado. Até mesmo os hobbies mais inocentes que nos consomem são obstáculos que devemos deixar de lado porque nos atrasam em nossa carreira principal: a vida cristã (Hebreus 12:1). Um bom teste é este: quão importante é esse hobby para mim? É apenas o Senhor suficiente? Se fosse tirado de mim, eu ainda estaria contente em Cristo? Então, sim, os cristãos podem ter hobbies, mas temos que nos certificar de que eles nunca substituem Cristo. Essa é a tentação, e devemos ter certeza de evitá-la.

English
Voltar à página principal em português

Deve um cristão ter hobbies?

Assine a pergunta da semana