O que a Bíblia diz sobre fantasmas / assombrações?


Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre fantasmas / assombrações?"

Resposta:
Existe algo como fantasmas? A resposta a essa pergunta depende do que exatamente se entende por “fantasmas”. Se o termo significa “seres espirituais”, a resposta é um forte “sim”. Se o termo significa “espíritos de pessoas que morreram”, a resposta é “não”. A Bíblia deixa bem claro que existem seres espirituais, bons e maus. No entanto, a Bíblia nega a ideia de que os espíritos dos seres humanos falecidos possam permanecer na terra e "assombrar" os vivos.

Hebreus 9:27 declara: “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo”. Isso é o que acontece com o espírito/alma de uma pessoa após a morte - julgamento. O resultado desse julgamento é o céu para o crente (2 Coríntios 5:6-8; Filipenses 1:23) e o inferno para o incrédulo (Mateus 25:46; Lucas 16:22-24). Não há um intermediário. Não há possibilidade de permanecer na Terra em forma de espírito como um “fantasma”. Se existem coisas como fantasmas, de acordo com a Bíblia, eles absolutamente não podem ser os espíritos desencarnados de seres humanos falecidos.

A Bíblia ensina muito claramente que existem seres espirituais que podem se conectar e aparecer em nosso mundo físico. A Bíblia identifica esses seres como anjos e demônios. Anjos são seres espirituais fiéis em servir a Deus. Os anjos são justos, bons e santos. Demônios são anjos caídos, anjos que se rebelaram contra Deus. Os demônios são maus, enganosos e destrutivos. De acordo com 2 Coríntios 11:14-15, os demônios se disfarçam como “anjos de luz” e “ministros de justiça”. Aparecer como um “fantasma” ou representar um ser humano falecido definitivamente parece estar dentro do poder e habilidades que os demônios possuem.

O exemplo bíblico mais próximo de uma “assombração” é encontrado em Marcos 5:1-20. Uma legião de demônios possuía um homem e o usava para assombrar um cemitério. Não havia fantasmas envolvidos. Era um caso de uma pessoa normal sendo controlada por demônios para aterrorizar as pessoas daquela área. Os demônios só procuram “roubar, matar e destruir” (João 10:10). Eles farão qualquer coisa ao seu alcance para enganar e afastar as pessoas de Deus. Esta é muito provavelmente a explicação de qualquer atividade “fantasmagórica” hoje. Quer se chame um fantasma, um vampiro ou uma assombração, se houver atividade espiritual maligna genuína, é obra de demônios.

E quanto aos casos em que os "fantasmas" agem de maneira "positiva"? E os médiuns que alegam convocar o falecido e obter informações verdadeiras e úteis deles? Novamente, é crucial lembrar que o objetivo dos demônios é enganar. Se o resultado é que as pessoas confiam em um psíquico em vez de Deus, um demônio estará mais do que disposto a revelar informações verdadeiras. Mesmo informação boa e verdadeira, se de uma fonte com motivos malignos, pode ser usada para enganar, corromper e destruir.

O interesse no paranormal está se tornando cada vez mais comum. Há indivíduos e empresas que afirmam ser "caçadores de fantasmas" e que, por um preço, vão livrar sua casa de fantasmas. Videntes, sessões espíritas, cartas de tarô e médiuns são cada vez mais considerados normais. Os seres humanos são intrinsecamente conscientes do mundo espiritual. Infelizmente, em vez de buscar a verdade sobre o mundo espiritual através da comunicação com Deus e estudo da Sua Palavra, muitas pessoas se deixam enganar pelo mundo espiritual. Os demônios certamente riem e se divertem com o engano espiritual de grande escala que existe no mundo hoje.

English
Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre fantasmas / assombrações?

Assine a pergunta da semana