settings icon
share icon
Pergunta

O que é estrutura-da-igreja?

Resposta


Existem quatro formas básicas de governo da igreja hoje. Elas são o governo episcopal, presbiteriano, congregacional e não-governamental, mas deve-se ressaltar que esses termos não são de forma alguma restritos ao seu nome denominacional correspondente (por exemplo, algumas igrejas batistas usam uma forma presbiteriana de governo). Embora essas formas não estejam especificamente descritas na Bíblia, temos algumas diretrizes que podemos aplicar.

Estrutura da Igreja - Cabeça da Igreja

Se tivéssemos que criar um organograma, Jesus Cristo preencheria os cargos de Fundador, Presidente, Diretor Executivo, Diretor Financeiro e Presidente do Conselho. Na linguagem bíblica, Cristo é “a cabeça sobre todas as coisas [dado] à igreja” (Efésios 1:22; cf. Colossenses 1:18). Cristo é “o Salvador do corpo [a igreja]” (Efésios 5:23). O relacionamento de Jesus com a igreja é muito íntimo e amoroso, pois “Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela” (Efésios 5:25). Ele deseja “apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” (Efésios 5:27).

Estrutura da Igreja – Ofícios da Igreja

O pastor é a cabeça humana de uma igreja. Na igreja primitiva, parece que havia uma pluralidade de presbíteros, também chamados de “bispos” ou “anciãos”. São os presbíteros que lideram a igreja e são responsáveis por ensinar a Palavra e guiar, admoestar e exortar o povo de Deus. (Veja 1 Timóteo 3:1-7 e Atos 14:23.) O homem que cumpre os deveres de pastor/mestre é, na verdade, um dos presbíteros.

O outro ofício na igreja é o de diácono. Diáconos são homens que lidam com as questões práticas da igreja, como cuidar dos enfermos, idosos ou viúvos e manter edifícios ou outras propriedades da igreja. (Veja Atos 6:1-6 e 1 Timóteo 3:8-12.)

Estrutura da Igreja - Relacionamento entre os ofícios

Os diáconos foram escolhidos pela primeira vez pela igreja em Jerusalém (veja Atos 6). Os apóstolos, os quais atuaram como presbíteros ali, designaram os diáconos e estabeleceram seus deveres. Assim, os diáconos sempre estiveram sob a autoridade dos presbíteros.

Embora o pastor compartilhe a responsabilidade pela supervisão espiritual com os outros presbíteros de uma igreja, Paulo indica que a posição carrega uma obrigação adicional. “Os anciãos que governam bem sejam tidos por dignos de duplicada honra, especialmente os que labutam na pregação e no ensino” (1 Timóteo 5:17). Assim, o pastor e outros presbíteros são iguais em autoridade, mas não em dever.

Estrutura da Igreja - Relações entre igrejas

Paulo estava preocupado com a forma como várias igrejas apoiavam umas às outras, especialmente porque cada igreja é o “corpo de Cristo, e individualmente seus membros” (1 Coríntios 12:27). Paulo elogiou os filipenses por compartilharem com ele “no sentido de dar e de receber” (Filipenses 4:15), o que significa que eles o apoiaram financeiramente para que pudesse fortalecer outras igrejas. Paulo também facilitou a coleta de ajuda para a igreja sitiada em Jerusalém (Atos 24:17; Romanos 15:26-27; 1 Coríntios 16:3; 2 Coríntios 8-9). Em todo o Novo Testamento, as igrejas enviaram saudações umas às outras (1 Coríntios 16:19), enviaram membros para visitar e ajudar outras igrejas (Atos 11:22, 25-26; 14:27) e cooperaram para chegar a acordos sobre a doutrina correta (Atos 15:1-35).

English



Voltar à página principal em português

O que é estrutura-da-igreja?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries