O que é o Espiritismo?


Pergunta: "O que é o Espiritismo?"

Resposta:
O Espiritismo, como definido por seu fundador, Allen Kardec, é “uma ciência dedicada à relação entre seres incorpóreos e seres humanos”. Kardec era um educador francês cujo nome real era Hippolyte Leon Denizard Rivail. Kardec codificou a Doutrina do Espiritualismo Kardecista, cujo objetivo era estudar espíritos - sua origem, natureza, destino e relação com o mundo corpóreo. O Espiritismo se tornou um movimento popular e agora é representado em 35 países. Kardec também escreveu O Livro dos Espíritos numa tentativa de mostrar como o Espiritismo difere do espiritualismo.

A ideia principal do Espiritismo é que espíritos imortais viajam de um corpo para outro por várias vidas a fim de melhorar moral e intelectualmente. Embora essa crença pareça semelhante à reencarnação, é diferente porque, segundo o Espiritismo, os espíritos não podem voltar como animais ou qualquer forma de vida inferior. A migração do espírito é sempre para a frente e os espíritos sempre habitam corpos humanos. Os espíritas acreditam que isso explica as diferenças de temperamento e intelecto nos seres humanos. O Espiritismo também afirma que os espíritos desencarnados podem ter efeitos benevolentes ou maléficos sobre os vivos e que os humanos podem se comunicar com espíritos através de sessões espíritas e médiuns. O Espiritismo foi favorecido no século XIX, ao lado do modernismo, e é compatível com essa filosofia em várias frentes, principalmente na crença de que o homem possa melhorar continuamente por meio do pensamento racional. O autor Sir Arthur Conan Doyle e sua esposa eram famosos espíritas.

O Espiritismo não é uma religião, mas sim uma filosofia e um “modo de vida”, segundo os espíritas. Não há ministros, e as reuniões de grupo consistem em compartilhar ideias sobre os espíritos, como eles podem ou não estar se movendo no mundo, os resultados desses movimentos, etc. Os espíritas valorizam a pesquisa científica acima da adoração ou do seguimento de regras, embora afirmem uma vida moral e buscas intelectuais e racionais.

A Bíblia claramente proíbe o Espiritismo. O povo de Deus não deve tentar entrar em contato com os espíritos. Sessões espíritas e necromancia são atividades ocultas proibidas por Deus (Levítico 19:31; 20:6; Gálatas 5:20; 2 Crônicas 33:6). O fato do Espiritismo colocar o ocultismo sob um véu de “ciência” não faz diferença. Os espíritos com os quais o Espiritismo se envolve não são humanos; a Bíblia diz que os espíritos humanos enfrentam o julgamento após a morte (Hebreus 9:27), e não há nada nas Escrituras que sugira que os espíritos retornem à terra dos vivos por qualquer motivo ou em qualquer forma. Sabemos que Satanás é um enganador (João 8:44). Sendo assim, a conclusão racional, a partir das Escrituras, é que qualquer contato que os espíritas tenham com as “almas dos mortos” é, na verdade, contato com demônios disfarçados (Apocalipse 12:9). O Espiritismo não é compatível com a Bíblia e é espiritualmente perigoso. “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1 Pedro 5:8).

English
Voltar à página principal em português

O que é o Espiritismo?

Assine a pergunta da semana