ã
settings icon
share icon
Pergunta

O que é escuridão espiritual?

Resposta


A escuridão espiritual é o estado de uma pessoa que vive separada de Deus. O livro de Isaías do Antigo Testamento, ao profetizar sobre o Messias, fala de uma profunda escuridão espiritual que envolveu o povo: “O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz” (Isaías 9:2). Esta passagem reaparece no Novo Testamento, em Mateus 4:16, para anunciar que aqueles que vieram a conhecer o Deus de Israel através do Seu Filho Jesus Cristo são aqueles que foram libertos das trevas espirituais e agora andam na luz da vida.

O apóstolo João ensinou que Deus é luz: “Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade” (1 João 1:5–6). E Jesus declarou que Ele é a luz do mundo: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida” (João 8:12).

Assim, a escuridão espiritual significa não ter comunhão com Deus através de um relacionamento com Jesus Cristo. A escuridão da separação de Deus é superada por meio de Cristo: “A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela” (João 1:4-5).

Desde o momento em que Adão e Eva pecaram, os humanos têm vivido em um mundo caído. Todas as pessoas nascem em um estado caído de pecado e separação de Deus. Até que uma pessoa renasça do Espírito de Deus, ela vive em trevas espirituais. O pecado escurece o nosso entendimento e destrói a nossa visão espiritual, encobrindo-nos em profundas trevas: “O caminho dos perversos é como a escuridão; nem sabem eles em que tropeçam” (Provérbios 4:19). Moisés compara esse estado de pecado e desobediência a tatear como “o cego apalpa nas trevas” (Deuteronômio 28:29). Um dos amigos de Jó fala daqueles que estão perdidos nas trevas espirituais: “Eles de dia encontram as trevas; ao meio-dia andam como de noite, às apalpadelas” (Jó 5:14).

Viver em rebelião contra Deus e Sua vontade é equivalente a viver em trevas espirituais. Quando o Senhor comissionou Paulo, Ele disse: “... livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio, para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim” (Atos 26:17-18).

Após a salvação, os crentes tornam-se faróis da luz espiritual de Cristo: “Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz” (Efésios 5:8). Aqueles que estão em Jesus Cristo foram resgatados do reino das trevas: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor” (Colossenses 1:13). Aqueles que rejeitam Jesus Cristo enfrentam a separação eterna de Deus na “negridão das trevas” (Judas 1:4-13).

No judaísmo, o caráter interior e a qualidade moral de uma pessoa são entendidos como refletidos através dos olhos. Em Mateus 6:22-23, Jesus compara a condição moral de uma alma não regenerada às trevas: “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” Os ouvintes de Jesus teriam entendido que um olho saudável é aquele que deixa entrar a luz, assim como um coração saudável e regenerado deixa entrar a luz espiritual. Mas um olho (ou coração) doente ou pecaminoso exclui a luz, deixando a alma em trevas espirituais.

O apóstolo Paulo descreve aqueles em estado pecaminoso antes de conhecer a Cristo como possuindo uma mente obscurecida e fechada e um coração endurecido: “... obscurecidos de entendimento, alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem, pela dureza do seu coração” (Efésios 4:18).

Os incrédulos vivem em trevas espirituais porque Satanás, o deus deste mundo, cegou suas mentes. Eles não podem ver a gloriosa luz do evangelho: “... o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus” (2 Coríntios 4:4).

As trevas espirituais referem-se a tudo o que está em oposição à luz do amor de Deus em Cristo. A boa notícia que Jesus traz a este mundo é que a Sua luz – Seu Espírito que dá vida – inunda luz e vida nas trevas espirituais do coração do pecador. Aquele que abriu os olhos dos cegos também pode nos tirar das trevas espirituais. Não importa quão profunda seja a escuridão, a luz do amor e da verdade de Deus supera todo pecado que nos separa de Deus.

English



Voltar à página principal em português

O que é escuridão espiritual?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries