settings icon
share icon
Pergunta

O que é escatologia realizada?

Resposta


A escatologia realizada é uma teoria que sustenta que as passagens proféticas do Novo Testamento não se referem ao futuro; antes, referem-se ao ministério de Jesus e Seu “legado” duradouro na igreja. De acordo com a escatologia realizada, todas as profecias bíblicas sobre o reino foram cumpridas durante a vida de Jesus. Quando Jesus disse: “O tempo está cumprido, e é chegado o reino de Deus” (Marcos 1:15), Ele quis dizer que devemos entender o reino como uma realidade presente e experiencial, em vez de um evento futuro distante. A escatologia realizada foi introduzida pelo teólogo liberal C. H. Dodd em seu livro de 1935, As Parábolas do Reino, e popularizada por meio de seus escritos posteriores.

A escatologia realizada diz que os eventos “futuros” profetizados na Bíblia não são mais futuros; todos eles foram cumpridos por Jesus ou estão sendo cumpridos na igreja. A Bíblia diz que o Messias viria - e Ele veio quando Jesus nasceu em Belém. A Bíblia diz que Deus julgará os pecados do mundo - e Ele o fez quando Jesus morreu na cruz. A Bíblia diz que os mortos ressuscitarão - e eles ressuscitaram quando Jesus ressuscitou Lázaro e outros do túmulo. E as profecias da Bíblia sobre a segunda vinda, governo e glorificação de Jesus? A escatologia realizada também cobre isso - tudo isso foi cumprido na ressurreição e ascensão de Jesus. A escatologia foi realizada.

De acordo com a escatologia realizada, o estudo da escatologia não envolve o fim do mundo, mas o seu "renascimento" quando Jesus estabeleceu o padrão e Seus seguidores continuam a viver seus princípios atemporais. Os defensores da escatologia realizada não anseiam por um arrebatamento, uma segunda vinda ou um julgamento mundial. Em vez disso, eles tentam se concentrar no que Jesus disse e fez; tudo o mais é irrelevante.

De certa forma, a escatologia realizada está relacionada ao preterismo completo, o ensino de que as profecias do fim dos tempos na Bíblia foram todas cumpridas; e à teologia do “Reino Agora”, que diz que já estamos vivendo no reino de Deus e podemos aproveitar as promessas associadas ao reino a qualquer momento que quisermos.

O fato de que a escatologia realizada foi formulada por um teólogo liberal - e continua a ser uma doutrina predileta nos círculos liberais - deve ser suficiente para nos causar cautela. Porém, mais importante do que isso é comparar a doutrina da escatologia realizada com o que a Bíblia diz e o que sabemos ser verdade sobre os eventos mundiais. Claro, existem alguns aspectos da escatologia que foram “realizados” ou cumpridos. Mas nem tudo. O próprio Jesus falou sobre o mundo “presente… e no mundo vindouro” (Lucas 18:30), dando aos Seus discípulos a esperança de uma era futura diferente da atual. Quando Jesus subiu ao céu, os anjos disseram aos discípulos: “Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). As palavras dos anjos apontam claramente para um evento ainda futuro na escatologia, dando aos discípulos algo pelo qual ansiar (veja Tito 2:13).

Quando Jesus disse: “é chegado o Reino de Deus” (Marcos 1:15), Ele não estava dizendo que naquele momento estava cumprindo todas as profecias. Em vez disso, Jesus estava apontando para as provas de que Ele era o Messias. Sempre que Jesus falava e agia no poder de Deus, o reino estava em certo sentido “presente”; cada vez que Jesus curava um coxo ou expulsava um demônio, o céu tocava a terra. Jesus estava dando uma amostra das coisas maravilhosas que viriam no reino de Deus. Emanuel realmente tinha vindo para resgatar o Israel cativo.

Houve algumas promessas associadas à vinda de Jesus que não aconteceram em Seu primeiro advento. O próprio Senhor confirma isso em Lucas 4. Quando Jesus Se levanta para ler Isaías na sinagoga de Nazaré, Ele afirma ser o cumprimento de várias profecias messiânicas: Ele proclama boas novas aos pobres, oferece liberdade para os prisioneiros e recuperação da visão para os cegos, liberta os oprimidos e pronuncia o ano aceitável do Senhor (Lucas 4:18-19; cf. Isaías 61:1-2). Mas então Jesus para de ler no meio da frase e devolve o pergaminho ao atendente. Jesus disse: “Hoje se cumpriu esta escritura aos vossos ouvidos” (Lucas 4:21). Jesus não tinha lido toda aquela porção da Escritura. Havia outras partes da escatologia de Isaías que não foram realizadas naquele dia, a saber, "o dia da vingança de nosso Deus" (Isaías 61:2). Algo mais foi prometido, algo que Jesus deixou para ser cumprido em outro dia. Em outras palavras, Jesus ensinou uma escatologia “não realizada”.

Há muitas coisas profetizadas na Bíblia que ainda não ocorreram. Aguardamos seu cumprimento na esperança segura de que Deus é fiel e não pode mentir. Tentar interpretar a profecia bíblica como não literal, que é o que a escatologia realizada deve fazer, vai contra os princípios da boa interpretação bíblica.

English



Voltar à página principal em português

O que é escatologia realizada?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries