settings icon
share icon
Pergunta

O que significa que haverá escarnecedores nos últimos dias?

Resposta


Duas passagens na Bíblia dizem que “nos últimos dias virão escarnecedores”. Ambos 2 Pedro 3:3 e Judas 1:18 explicam o que isso significa. Um “escarnecedor” neste contexto é aquele que zomba de Cristo, ridiculariza as coisas de Deus e se opõe ao evangelho. Pedro e Judas estavam escrevendo advertências contra os falsos mestres que tinham a intenção de enganar os outros. A palavra escarnecedor se refere a alguém que nega as verdades das Escrituras e incita outros a aceitar seu erro.

Os escarnecedores têm existido desde o Jardim do Éden. A primeira tentação de Satanás ao homem foi na forma de zombar da ordem de Deus: "É assim que Deus disse:...?" (Gênesis 3:1). Os escarnecedores dominaram os dias de Noé (Gênesis 6:5-8; Hebreus 11:7), deixando Deus com pouca escolha a não ser destruí-los todos e recomeçar com Noé, o único homem justo na terra. Os escarnecedores se recusam a acreditar na palavra do Senhor e se consideram seus próprios deuses (2 Crônicas 36:16). O salmista adverte contra a digressão que resulta da associação casual com pessoas iníquas a sentar-se “na roda dos escarnecedores” (Salmo 1:1), adotando sua cosmovisão - e compartilhando seu destino.

Embora os escarnecedores sempre tenham feito parte deste mundo decaído, as Escrituras parecem indicar que, à medida que o Dia do Senhor se aproxima, o escárnio aumentará. Pedro descreve esses zombadores como “andando segundo as suas próprias concupiscências” (2 Pedro 3:3) e questionando a segunda vinda do Senhor Jesus (2 Pedro 3:4). Milhares de anos se passaram desde que Jesus ascendeu ao céu, prometendo voltar para os Seus fiéis (João 14:1–4; Apocalipse 22:12). Os escarnecedores apontam para o lapso de tempo e zombam daqueles que ainda esperam e anseiam por Seu aparecimento (2 Timóteo 4:8; 2 Tessalonicenses 1:7).

Judas descreve os zombadores dos últimos dias como pessoas que seguem desejos ímpios e criam divisão na igreja (Judas 1:18). Eles podem até se apresentar como líderes de igreja, mas “não têm o Espírito” (Judas 1:19). Paulo entra em mais detalhes sobre a condição do mundo antes da volta de Jesus: “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também desses” (2 Timóteo 3:1–5). Os escarnecedores vão se encaixar perfeitamente nessa multidão.

Já vemos um aumento de escarnecedores em nosso mundo hoje, e vários fatores podem estar contribuindo para esse aumento. O acesso constante à mídia, à Internet e a outras formas de tecnologia fornecem uma plataforma aberta para qualquer pessoa com uma opinião, e zombar de tudo que antes era considerado honroso é um passatempo favorito. Os escarnecedores são encorajados nas redes sociais por outras pessoas que podem aprovar instantaneamente a sua zombaria. Muitas pessoas são educadas além de sua inteligência, e este novo mundo sem limites morais está produzindo zombadores em vez de pensadores. Muitos tentam usar o treinamento científico para dizer que, uma vez que a realidade do Deus Criador não pode ser provada pela compreensão do homem, Deus não deve existir. Ao rejeitar as Escrituras, a humanidade perdeu sua bússola moral, deixando-nos sem nenhuma maneira de determinar o que é certo ou errado, bom ou mau, verdade ou mentira. Nesse clima, qualquer pessoa que alega conhecer a verdade é o alvo principal dos zombadores.

A arrogância leva à zombaria, assim como antes da Torre de Babel (Gênesis 11:1–4). Quando as pessoas ficam orgulhosas de sua própria importância, elas começam a desafiar qualquer coisa que ameace sua alta opinião sobre si mesmas. Quando deixamos de considerar a ideia de Deus, então vale tudo. Os escarnecedores tentaram redefinir o casamento, obliterar o binarismo de gênero e criar um mundo de fantasia no qual a realidade se torna o que achamos que seja. Não muito tempo atrás, essa mentalidade era a definição de insanidade. Agora, somos informados de que é a sabedoria suprema. Romanos 1:21–22 nunca foi tão relevante: “...porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos.”

A proliferação de zombadores é um sinal dos últimos dias. Eles professam ser sábios, mas são realmente tolos (Salmo 14:1). Independentemente da linha do tempo escatológica que se prefira, todos podemos concordar que o número de zombadores e enganadores está aumentando rapidamente, assim como a Escritura nos avisou que aconteceria (2 João 1:7). É extremamente importante que todo cristão leve a sério os mandamentos de estudar e meditar na Palavra de Deus (2 Timóteo 2:15; Josué 1:8) para que não sejamos desviados pelas ideias altivas apresentadas a nós pelos escarnecedores (2 Coríntios 10:5).

English



Voltar à página principal em português

O que significa que haverá escarnecedores nos últimos dias?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries