Deve ser um requisito que um homem tenha uma educação bíblica formal antes de poder servir como pastor?

Deve ser um requisito que um homem tenha uma educação bíblica formal antes de poder servir como pastor?


Pergunta: "Deve ser um requisito que um homem tenha uma educação bíblica formal antes de poder servir como pastor?"

Resposta:
O apóstolo Paulo nos diz em Efésios 4:11-12 que, quando um homem preenche o ofício de evangelista, pastor e mestre, o seu chamado é na verdade um dom de Deus para a obra da igreja. O propósito dos dons espirituais é equipar os membros da igreja para uma vida de serviço a Deus. O propósito do treinamento no seminário é preparar os que aspiram ao ofício de liderança na obra do Senhor a servirem. Paulo ensinou a Timóteo, e também a nós hoje, a preparar homens para tais papéis de liderança na igreja: "E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros" (2 Timóteo 2:2).

O treinamento bíblico formal ajuda a garantir que o ministério da Palavra de Deus não somente seja mantido, mas também floresça na igreja. A primeira indicação de que alguém que aspira ao cargo de ancião, bispo ou pastor está sendo chamado por Deus para a tarefa é o desejo. Paulo nos diz: "Fiel é a palavra: se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja" (1 Timóteo 3:1). Quando alguém acredita que está sendo chamado para o ministério da Palavra, ele deve procurar explorar seus dons e preparar-se para responder a esse chamado. Esta é uma das razões por que seminários e universidades cristãs existem e por que procurar uma educação formal pode ser consistente com a chamada de uma pessoa. Ao mesmo tempo, embora a educação bíblica formal seja importante e valiosa, Deus pode capacitar um homem que não a possua a ser também um excelente pastor ou ancião.

O chamado do Senhor para a obra do ministério não é apenas para a igreja; é também através da igreja. Os jovens devem ser encorajados a buscar tal chamado, como Paulo diz a Timóteo (1 Timóteo 3:1). No entanto, idealmente, a confirmação final deve ser da igreja que tanto treina quanto testa os dons necessários para o ministério. Os ministros da Palavra são embaixadores de Cristo, o Chefe da Igreja. Pregar o evangelho e chamar os perdidos para a salvação é exercer o uso das chaves do reino dos céus (ver Mateus 16:19). Esta tarefa não pode ser feita sem a autoridade de Cristo. É um papel vital da igreja e a principal razão para obter treinamento formal.

Há outras razões pelas quais a formação em um seminário é importante. Sem dúvida, aumentar a educação, especialmente no nível de pós-graduação, acrescentará uma nova dimensão ao conhecimento geral da Bíblia. Como a Bíblia tem uma rede unificada e coerente da verdade, um intenso estudo da teologia sistemática é necessário, quer aconteça ou não em um ambiente de seminário formal. Novamente, o lugar de estudo não é tão importante quanto o Mestre - o Espírito de Deus que infunde conhecimento, poder e sabedoria no aluno.

O treinamento do seminário também pode ser valioso no processo de maturação. Três ou mais anos de seminário irão melhorar muito a maturidade social do seminarista, assim como a sua capacidade de compreender e relacionar-se com as pessoas e suas necessidades. Além disso, há uma maturação mental necessária para o pregador de hoje que simplesmente não está presente na maioria das pessoas aos 21 ou 22 anos de idade. Isso inclui sua atitude em relação ao ministério, sua família e a vida em geral. O treinamento efetivo do seminário ajudará muito a capacidade de tomar decisões e a habilidade de discernir a vontade de Deus.

Outra razão para a obtenção de um treinamento sólido no seminário é a fim de estar mais bem equipado para enfrentar as questões complexas de hoje. O líder da igreja deve saber quando dizer "sim" e quando dizer "não" às muitas chamadas para participar em causas comuns de todos os tipos. Convicções bem-informadas nessas áreas são necessárias para que a verdade seja mantida, e uma boa educação no seminário certamente ajuda a estabelecer tais convicções.

Finalmente, independentemente da afiliação da igreja à qual um pastor pertença, uma educação completa dentro dessa igreja em relação à sua história, política e distintivos é muito importante. Tomar a decisão de frequentar um seminário ou uma universidade cristã requer oração e conselho divino. A preparação pode vir em muitas formas, mas algum tipo de preparação é sempre necessário. Não prejudique seu ministério procurando atalhos. Estude cuidadosamente o princípio encontrado em Provérbios 24:27: "Cuida dos teus negócios lá fora, apronta a lavoura no campo e, depois, edifica a tua casa."

English
Voltar à página principal em português

Deve ser um requisito que um homem tenha uma educação bíblica formal antes de poder servir como pastor?

Assine a pergunta da semana