settings icon
share icon
Pergunta

Será que ficar bêbado é pecado?

Resposta


Ficar embriagado pelo álcool é claramente proibido na Bíblia (Provérbios 20:1; 23:20; 29–32; Isaías 5:22; Efésios 5:18). Há muitos mandamentos nas Escrituras sobre comportamentos a serem evitados, como a embriaguez, a imoralidade sexual (1 Coríntios 6:18) e a mentira (Provérbios 6:16-17). Mas a Bíblia é muito mais do que uma lista definitiva de “pecados”. Quando a abordamos como tal, estamos perdendo o ponto principal. Deus não quer que marquemos uma lista e consideremos tudo o mais aceitável. Os fariseus fizeram isso, e Jesus não Se agradou deles (Lucas 11:42; Mateus 23:23). Deus deseja a obediência que surge de um coração amoroso que quer ser como Ele (1 Pedro 1:15).

Ficar bêbado é pecado, mas e beber com moderação? Beber álcool tem sido objeto de debate dentro da igreja há séculos. Anos atrás, a maioria dos cristãos considerava o consumo de álcool em qualquer quantidade pecaminoso. Hoje há uma aceitação muito maior do consumo moderado de álcool entre os cristãos. Nos tempos bíblicos, qualquer pessoa separada para Deus deveria se abster totalmente de qualquer fruto da videira durante o tempo da sua consagração (Juízes 13:4; Levítico 10:9; Números 6:3; Lucas 1:15). O vinho às vezes era um símbolo de contaminação mundana (Apocalipse 18:3), e aqueles chamados para o serviço sacerdotal deveriam se abster dele ao ministrar no tabernáculo (Levítico 10:9). Tais advertências levaram muitos seguidores de Cristo a renunciar completamente ao álcool, julgando imprudente qualquer uso dele. Embora beber com moderação não seja condenado nas Escrituras, perder o autocontrole é, e há muitas advertências sobre a natureza destrutiva do álcool (Provérbios 20:1; 31:4).

Efésios 5:18 diz: “E não se embriaguem com vinho, pois isso leva à devassidão, mas deixem-se encher do Espírito”. Dois elementos estão sendo comparados: o álcool e o Espírito Santo. Cada um tem o poder de controlar a mente e o comportamento de uma pessoa – com resultados muito diferentes. Ficar bêbado leva à perda do autocontrole; ser cheio do Espírito leva a mais autocontrole (Gálatas 5:22–23). Não podemos ser controlados por espíritos alcoolistas e pelo Espírito Santo ao mesmo tempo. Quando escolhemos ingerir substâncias que alteram a mente, estamos efetivamente escolhendo nos entregar ao controle de algo que não seja o Espírito Santo. Qualquer coisa que assuma o controle de nossa mente, vontade e emoções é um falso deus. Qualquer mestre a quem obedecemos que não seja o Senhor é um ídolo, e a idolatria é pecado (1 Coríntios 10:14).

Ficar bêbado é pecado. Seja álcool, drogas ou algum outro comportamento viciante, Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mateus 6:24). Quando ficamos drogados ou bêbados com álcool, estamos servindo a um mestre que não é o Senhor. Escolher seguir a Jesus significa escolher contra nossos velhos padrões e estilo de vida pecaminosos. Não podemos seguir a Jesus e também seguir a embriaguez, a imoralidade ou o pensamento mundano (Gálatas 2:20; Romanos 6:1–6).

Eles estão indo em direções opostas. 1 Coríntios 6:10 lista os bêbados entre aqueles que “não herdarão o reino de Deus”. Quando escolhemos ser definidos pelo nosso pecado, não podemos também ser um seguidor de Cristo (Gálatas 5:19–21). Quando escolhemos a embriaguez apesar da ordem de Deus contra ela, estamos escolhendo a desobediência e não podemos, nesse estado, estar em comunhão com um Deus santo que a condena (Lucas 14:26-27; Mateus 10:37-38).

English



Voltar à página principal em português

Será que ficar bêbado é pecado?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries