O que é o dom espiritual de misericórdia?



 

Pergunta: "O que é o dom espiritual de misericórdia?"

Resposta:
No Sermão da Montanha dado por Jesus, uma das bem-aventuranças é "Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia" (Mateus 5:7). Misericórdia é o que expressamos quando somos guiados por Deus a sermos compassivos em nossas atitudes, palavras e ações. É mais do que sentir compaixão por alguém; é o amor promulgado. A misericórdia deseja responder às necessidades imediatas dos outros e aliviar o sofrimento, solidão e tristeza. A misericórdia aborda crises físicas, emocionais, financeiras ou espirituais com um serviço generoso e de auto-sacrifício. A misericórdia é a campeã dos humildes, pobres, explorados e esquecidos e muitas vezes age em seu nome.

Um bom exemplo de misericórdia é encontrado em Mateus 20:29-34: "Saindo eles de Jericó, uma grande multidão o acompanhava. E eis que dois cegos, assentados à beira do caminho, tendo ouvido que Jesus passava, clamaram: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós! Mas a multidão os repreendia para que se calassem; eles, porém, gritavam cada vez mais: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós! Então, parando Jesus, chamou-os e perguntou: Que quereis que eu vos faça? Responderam: Senhor, que se nos abram os olhos. Condoído, Jesus tocou-lhes os olhos, e imediatamente recuperaram a vista e o foram seguindo." Observe que os homens cegos associaram a misericórdia não com um sentimento, mas com uma ação. O seu problema físico era que não podiam ver, portanto, para eles, o ato de misericórdia foi a intervenção de Cristo para restaurar sua visão. A misericórdia é mais que um sentimento; é sempre seguida por uma ação.

Este dom tem uma aplicação prática de um serviço ativo bem como a responsabilidade de fazê-lo com alegria (Romanos 12:8). Além disso, todos nós somos chamados a ser misericordiosos. Jesus diz em Mateus 25:40 que "sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes." Mateus 5:7 promete misericórdia para aqueles que são misericordiosos com os outros. Como pecadores espiritualmente mortos e cegos, não somos melhores do que os dois homens cegos em Mateus 20. Assim como dependiam totalmente da compaixão de Cristo para que a sua visão fosse restaurada, também nós somos dependentes dele: "Mostra-nos, SENHOR, a tua misericórdia e concede-nos a tua salvação" (Salmo 85:7). Esse entendimento alicerce de que a nossa esperança depende da misericórdia de Cristo e não de qualquer mérito nosso deve inspirar-nos a seguir o exemplo de Cristo de serviço compassivo e mostrar misericórdia para com os outros, assim como foi mostrada para nós.


Voltar à página principal em português

O que é o dom espiritual de misericórdia?