settings icon
share icon
Pergunta

A Bíblia ensina que existe o dom do celibato?

Resposta


Duas passagens do Novo Testamento são normalmente usadas para discutir o que às vezes é chamado de “o dom do celibato”. A primeira é Mateus 19:9-12: “Eu, porém, vos digo: quem repudiar sua mulher, não sendo por causa de relações sexuais ilícitas, e casar com outra comete adultério [e o que casar com a repudiada comete adultério]. Disseram-lhe os discípulos: Se essa é a condição do homem relativamente à sua mulher, não convém casar. Jesus, porém, lhes respondeu: Nem todos são aptos para receber este conceito, mas apenas aqueles a quem é dado. Porque há eunucos de nascença; há outros a quem os homens fizeram tais; e há outros que a si mesmos se fizeram eunucos, por causa do reino dos céus. Quem é apto para o admitir admita.”

A frase “mas apenas aqueles a quem é dado” refere-se a pessoas que recebem o que alguns chamam de “o dom do celibato” ou “o dom da solteirice”. Independentemente do que chamemos esse dom, Jesus ensina que a maioria das pessoas não deseja naturalmente permanecer solteira e celibatária por toda a vida. As exceções são “outros que a si mesmos se fizeram eunucos” por causa do reino. Esses celibatários receberam um dom especial de Deus.

A outra passagem pertinente é 1 Coríntios 7. Neste capítulo, Paulo afirma que não é errado se casar, mas que é melhor que um cristão permaneça solteiro. (A razão é que a atenção de um homem casado é “dividida” entre agradar ao Senhor e agradar sua esposa; um homem solteiro é livre para se concentrar mais na obra do Senhor, versículos 32-34.) Paulo diz: “Quero que todos os homens sejam tais como também eu sou; no entanto, cada um tem de Deus o seu próprio dom; um, na verdade, de um modo; outro, de outro” (versículo 7). Paulo tem o cuidado de declarar que isso é “concessão e não por mandamento” (versículo 6). A capacidade de permanecer solteiro e servir a Deus fora do casamento é um dom. Paulo e alguns outros tinham esse dom, mas nem todos.

Como vemos, a Bíblia não chama isso explicitamente de “o dom do celibato”, mas expressa que a capacidade de permanecer solteiro para servir a Deus mais plenamente é um dom. A maioria dos adultos deseja o casamento, e esse desejo não é pecaminoso. De fato, o casamento pode nos manter longe do pecado: “..., mas, por causa da impureza, cada um tenha a sua própria esposa, e cada uma, o seu próprio marido” (1 Coríntios 7:2). Em vez de se envolver em imoralidade, os crentes devem se casar. O sexo dentro do casamento entre um homem e uma mulher ou solteiro celibatário - essas são as duas únicas opções para os cristãos.

Embora a Bíblia fale do celibato como um dom, ele não é mencionado com os dons espirituais (1 Coríntios 12; Romanos 12). A solteirice é um dom que Deus dá a todos, pelo menos temporariamente. Para alguns, o dom da solteirice é permanente; para outros, Deus tira esse dom e dá o do casamento em seu lugar. A Bíblia encoraja aqueles que são celibatários dedicados ao serviço cristão, afirmando que são uma parte importante da família de Deus.

English



Voltar à página principal em português

A Bíblia ensina que existe o dom do celibato?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries