settings icon
share icon
Pergunta

Devemos dar o dízimo com base em nossa renda bruta ou líquida?

Resposta


O dízimo é um conceito do Antigo Testamento. O dízimo era um requisito da lei em que todos os israelitas deveriam dar 10% de tudo o que ganhavam - ou das colheitas e animais que cultivavam - ao Tabernáculo/Templo (Levítico 27:30; Números 18:26; Deuteronômio 14:24; 2 Crônicas 31:5). Os crentes em Cristo não são ordenados a darem 10% de sua renda. Todo e qualquer cristão deve orar diligentemente e buscar a sabedoria de Deus sobre quanto deve dar (Tiago 1:5). Muitas pessoas acreditam que o dízimo do Antigo Testamento é um bom princípio para os crentes seguirem. Devolver 10% de sua renda a Deus demonstra sua gratidão a Ele pelo que providenciou e ajuda você a se lembrar de confiar em Deus em vez de nas riquezas.

A Bíblia não diz especificamente se devemos dar 10% da nossa renda bruta ou líquida. O Antigo Testamento ensina o princípio das primícias (Êxodo 23:16; 34:22; Levítico 2:12-14; 2 Crônicas 31:5). Os crentes do Antigo Testamento davam o melhor de suas colheitas, não as sobras. O mesmo princípio deve se aplicar à nossa doação hoje. Novamente, um crente deve dar o que acredita que Deus quer que dê. Tudo remonta à atitude do coração. Estamos dando por reverência a Deus ou por egoísmo por nossa própria riqueza? "Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria" (2 Coríntios 9:7).

English



Voltar à página principal em português

Devemos dar o dízimo com base em nossa renda bruta ou líquida?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries