Como posso aumentar meu discernimento espiritual?


Pergunta: "Como posso aumentar meu discernimento espiritual?"

Resposta:
O discernimento é definido como "a qualidade de ser capaz de compreender o que é obscuro; um ato de perceber algo; um poder para ver o que não é evidente para a mente comum". A definição também enfatiza a precisão, como na "capacidade de ver a verdade". O discernimento espiritual é a capacidade de perceber a diferença entre a verdade e o erro. É um ingrediente básico para obter sabedoria.

Argumentos e debates cercam a verdade espiritual porque ela é obscura. Jesus, falando aos Seus discípulos sobre os fariseus, disse: "Porque a vós outros é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas àqueles não lhes é isso concedido." (Mateus 13:11). Satanás "cegou o entendimento dos incrédulos" (2 Coríntios 4:4), então Deus deve iluminar a mente humana para nos permitir entender a verdade. É impossível alcançar a sabedoria sem Deus. Ele dá discernimento ou tira-o (Jó 12:19-21).

Alguns têm erroneamente definido o discernimento espiritual como uma consciência dada por Deus sobre o mal ou boas presenças espirituais — a capacidade de perceber se um demônio está presente. Embora algumas pessoas talvez possuam essa capacidade, esse não é o significado bíblico do discernimento. O discernimento espiritual, em última instância, tem a ver com sabedoria e a capacidade de distinguir a verdade do erro.

A sabedoria é personificada em Provérbios 1 e descrita como alguém que podemos "conhecer" (v. 20-33). A Bíblia diz que Jesus Cristo é a "sabedoria de Deus" (1 Coríntios 1:30). Portanto, a sabedoria, ou discernimento espiritual, é algo que vem de conhecer Jesus Cristo. O jeito mundano de obter sabedoria é diferente do caminho de Deus. Os sábios do mundo adquirem conhecimento e aplicam razão a esse conhecimento para resolver problemas, construir edifícios e criar filosofias. No entanto, Deus não faz o conhecimento de Si mesmo disponível por esses meios. 1 Coríntios 1:18-31 diz que a "sabedoria dos sábios" é frustrada por Deus que entrega a sabedoria aos "tolos" e aos "fracos" por meio de uma relação com Jesus Cristo. Dessa forma, ninguém pode se vangloriar "na presença de Deus" (versículo 29). Aprendemos a discernir espiritualmente quando crescemos em nosso conhecimento de Deus.

Não é errado possuir conhecimento ou ter uma educação, e não é errado usar razão e lógica para resolver problemas. No entanto, o discernimento espiritual não pode ser alcançado dessa forma. Deve ser dado pela revelação de Jesus Cristo ao crente, e então desenvolvido por meio de treinamento em justiça (Hebreus 5:14) e oração (Filipenses 1:9). Hebreus 5:11-14 mostra como o discernimento espiritual é desenvolvido. O escritor fala àqueles que se tornaram "tardios em ouvir", ou seja, os que haviam perdido a prática de discernir espiritualmente. O escritor de Hebreus diz-lhes que todos os que vivem em "leite" (em vez do "alimento sólido" desejado pelos maduros) não são qualificados na palavra de justiça; no entanto, o cristão maduro tem "as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal." As chaves, de acordo com esta passagem, tratam-se de tornar-se experiente na Palavra de Deus (pelo qual definimos a justiça) e "prática constante" (através da qual ganhamos experiência).

Então, como alguém pode aumentar o discernimento espiritual? Em primeiro lugar, reconhecendo que Deus é o único que pode aumentar a sabedoria, ore por ajuda (Tiago 1:5, Filipenses 1:9). Então, sabendo que a sabedoria para distinguir o bem do mal vem através do treinamento e prática, vá para a Bíblia para aprender a verdade e, pela meditação na Palavra, fortaleça essa verdade.

Quando um banco contrata um funcionário, ele é treinado para reconhecer notas falsas. Alguém pode chegar a pensar que a melhor maneira de reconhecer uma falsificação seria estudar várias falsificações. O problema é que novas falsificações estão sendo criadas todos os dias. A melhor maneira de reconhecer uma nota falsa é ter um conhecimento íntimo da coisa real. Tendo estudado notas autênticas, os caixas bancários não são enganados quando ocorre uma falsificação. O conhecimento do verdadeiro ajuda a identificar o falso.

Isto é o que os cristãos devem fazer para desenvolver o discernimento espiritual. Devemos conhecer o autêntico tão bem que, quando o falso aparece, podemos reconhecê-lo. Ao conhecer e obedecer à Palavra de Deus, seremos treinados "para discernir não somente o bem, mas também o mal" (Hebreus 5:14). Conheceremos o caráter e a vontade de Deus. Este é o coração do discernimento espiritual — poder distinguir a voz do mundo da voz de Deus; ter a sensação de que "isto é certo" ou "isso é errado". O discernimento espiritual afasta a tentação e nos permite detestar "o mal, apegando-nos ao bem" (Romanos 12:9).

English

Voltar à página principal em português

Como posso aumentar meu discernimento espiritual?

Assine a pergunta da semana