O que a Bíblia diz sobre como lidar com dinheiro no casamento?


Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre como lidar com dinheiro no casamento?"

Resposta:
A Bíblia não trata especificamente do manejo do dinheiro em um casamento, mas os princípios relativos à dinâmica do relacionamento entre marido e mulher afetam todos os aspectos do casamento. Em outras palavras, os princípios estabelecidos pelo Senhor em Efésios 5:22-33 e Colossenses 3:18-19 falam de todas as facetas do relacionamento entre o marido e sua esposa. Isso significa que o equilíbrio espiritual do relacionamento conjugal, em todos os aspectos, é diretamente afetado pelo relacionamento pessoal de cada cônjuge com Deus. Em qualquer relacionamento há bênçãos por associação e sofrimento por associação, e esses princípios são afetados pela escolha de cada cônjuge de andar em obediência ao Senhor.

Ambos os cônjuges trazem à sua união suas forças e fraquezas. Moldar essas características individuais em um relacionamento viável é uma questão de entender a ordem de Deus e o dom da graça. As decisões financeiras que afetam o sucesso da família são uma responsabilidade compartilhada. Qualquer que seja a fonte das provisões de Deus, seja o resultado do emprego do marido, do emprego da esposa ou de ambos, os bens acumulados são responsabilidade de ambos os parceiros juntos como uma equipe. O princípio importante em relação às decisões financeiras é “fazer tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10:31; Romanos 14:8; Colossenses 3:23-24).

Inerente ao casamento de duas pessoas em Cristo, no entanto, está o entendimento de que o marido é a autoridade suprema. Ele é responsável perante Deus por liderar e pastorear sua família, enquanto a responsabilidade de sua esposa é se submeter a ele e ser sua auxiliadora. No reino do dinheiro em um casamento, isso pode significar que o marido tenha o controle exclusivo do talão de cheques, pague todas as contas e cuide da poupança da família, do investimento e das doações, enquanto ao mesmo tempo consulte a esposa e receba seus conselhos em decisões financeiras. Pode significar legitimamente que ele delegue essa função à sua esposa, especialmente se ela gostar ou for mais adequada aos detalhes do domínio financeiro, e que ela assuma os detalhes financeiros da “empresa familiar”. No entanto, o marido ainda tem a responsabilidade de supervisionar o processo. No final, um casal que trabalha em conjunto no aspecto financeiro da família será um casal que geralmente tem boa comunicação e respeito mútuo.

Finalmente, na área do dinheiro em um casamento, também recebemos princípios como o de Lucas 6:38, que afirma que, quanto mais livremente damos, maior é a bênção. Isso significa que existe uma correlação entre a doação que fazemos ao Senhor e a bênção que recebemos em troca, tanto espiritual quanto financeira. Nós não podemos dar mais do que Deus tem nos dado. Quanto mais formos fiéis em retribuir ao Senhor, mais descobriremos que o que retemos é multiplicado e, na verdade, mais que suficiente até o ponto da abundância.

English
Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre como lidar com dinheiro no casamento?

Assine a pergunta da semana