Qual é a definição do casamento?


Pergunta: "Qual é a definição do casamento?"

Resposta:
Em todo o mundo, pelo menos dezessete nações têm legalizado o casamento entre parceiros do mesmo sexo. Obviamente, a definição social de casamento está mudando. Entretanto, é o direito de um governo redefinir o casamento ou a definição de casamento já foi estabelecida por uma autoridade superior?

Em Gênesis capítulo 2, Deus declara que não é bom que Adão (o primeiro homem) viva sozinho. Todos os animais estão lá, mas nenhum deles é um parceiro adequado para Adão. Deus, portanto, em um ato especial de criação, faz uma mulher. Apenas alguns versículos depois, ela é chamada de “sua mulher” (Gênesis 2:25). O Éden foi a cena do primeiro casamento, ordenado pelo próprio Deus. O autor de Gênesis, então, registra o padrão pelo qual todos os futuros casamentos são definidos: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gênesis 2:24).

Esta passagem da Escritura dá vários pontos para entender o desígnio de Deus para o casamento. Primeiro, o casamento envolve um homem e uma mulher. A palavra hebraica para “esposa” é específica de gênero; não pode significar outra coisa senão “uma mulher”. Não há passagem na Escritura que mencione um casamento envolvendo outra coisa senão um homem e uma mulher. É impossível que uma família se forme ou a reprodução humana ocorra assexuadamente. Como Deus ordenou que o sexo fosse realizado apenas entre um casal, segue-se que o plano de Deus é que a unidade familiar seja formada quando um homem e uma mulher se reúnem em um relacionamento sexual e têm filhos.

O segundo princípio de Gênesis 2 sobre o desígnio de Deus para o casamento é que ele deve durar por toda a vida. O versículo 24 diz que os dois se tornam “uma só carne”. Eva foi tirada do lado de Adão, e então ela era literalmente uma só carne com Adão. Sua própria substância foi formada de Adão em vez de do pó da terra. Todo casamento desde então deve refletir a unidade compartilhada por Adão e Eva. Porque o vínculo deles era "em carne e osso", estavam juntos para sempre. Não havia cláusula de escape escrita no primeiro casamento que permitisse que os dois se separassem. Isso quer dizer que Deus criou o casamento para a vida toda. Quando um homem e uma mulher assumem o compromisso de se casarem, eles “se tornam uma só carne”, intimamente ligados um ao outro até a morte.

Um terceiro princípio desta passagem sobre o desígnio de Deus para o casamento é a monogamia. As palavras hebraicas para “homem” e “esposa” são singulares e não permitem múltiplas esposas. Embora algumas pessoas nas Escrituras tivessem várias esposas, fica claro na descrição da criação que o projeto de Deus para o casamento era um homem e uma mulher. Jesus enfatizou este princípio quando apelou ao relato de Gênesis para contrariar a ideia do divórcio fácil (Mateus 19:4-6).

Não é de surpreender que o mundo deseje mudar o que Deus instituiu. “a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à Lei de Deus, nem pode fazê-lo” (Romanos 8:7). Embora o mundo esteja tentando fornecer suas próprias definições para o que chamam de “casamento”, a Bíblia ainda permanece. A definição clara de casamento é a união de um homem e uma mulher por toda a vida.

English
Voltar à página principal em português

Qual é a definição do casamento?

Assine a pergunta da semana