settings icon
share icon
Pergunta

Como posso superar a decepção com a vida?

Resposta


Um dos infelizes subprodutos de viver em um mundo pecaminoso e caído é que toda pessoa, cristã ou não, experimenta dor, sofrimento e decepção nesta vida. De relacionamentos fracassados a sonhos não realizados, a vida pode ser cheia de tristeza e decepção. De fato, Jesus nos assegurou disso: “No mundo, passais por aflições” (João 16:33). Ninguém está imune.

Ao superar decepções, é importante mantê-las em perspectiva. Embora não possamos eliminar o sofrimento ou a decepção deste lado do céu, ele pode se tornar menos formidável quando visto de um ponto de vista diferente. A primeira coisa a ter em mente é esta: nenhuma quantidade de sofrimento ou decepção que experimentamos nesta vida pode desfazer o que Deus fez por nós em Cristo. Longe das Escrituras, é muito difícil ter uma perspectiva adequada sobre sofrimento e decepção, e essas coisas raramente farão sentido para aqueles que não conhecem a Palavra de Deus. Nem a psicologia nem a filosofia podem oferecer uma explicação suficiente para isso. Nenhuma ciência social pode restaurar a alma; somente Deus pode fazer isso (Salmo 23:3). A verdade é que nossas provações e decepções, embora não gostemos delas, servem a um propósito. É por meio de provações que aprendemos paciência e humildade, perseverança e confiança — virtudes que nos fortalecem e desenvolvem um caráter piedoso.

Além disso, é durante os tempos difíceis que aprendemos a confiar em Deus e experimentamos em primeira mão a absoluta confiabilidade da Sua Palavra. Também aprendemos a verdade do que Paulo ensinou: o poder de Deus é mais forte quando estamos mais fracos (2 Coríntios 12:9).

É importante que nossa perspectiva inclua a eternidade. Nosso tempo na Terra é uma fração incalculavelmente pequena da nossa jornada eterna. Considere o apóstolo Paulo e a perseguição a que foi submetido enquanto pregava o evangelho. Embora sua litania de sofrimento pareça insuportável em qualquer medida, ele surpreendentemente se referiu às suas dificuldades como “leve e momentânea tribulação”. Isso porque se concentrou na “glória eterna” que muito superava quaisquer decepções terrenas pelas quais passou (2 Coríntios 4:17; veja também Romanos 8:18). Podemos fazer isso, disse ele, quando fixamos nossos olhos não no que se vê, mas no que não se vê, nosso lar celestial (2 Coríntios 4:18).

É a fé que nos permite ver o invisível. É por isso que a fé é um elemento tão indispensável da vida cristã. As Escrituras ensinam que vivemos pela fé (2 Coríntios 5:7) e que sem fé é impossível agradar a Deus (Hebreus 11:6). Sabemos que, como seguidores de Cristo, experimentaremos desapontamentos e enfrentaremos provações onde nossa fé é realmente posta à prova. E o apóstolo Tiago nos diz que devemos ter “por motivo de toda alegria” quando enfrentamos essas provações, pois é assim que nossa fé se fortalece e amadurecemos como cristãos (Tiago 1:2-4).

Agora, embora as decepções nos atormentem até o nosso último batimento cardíaco, podemos minimizá-las entendendo e aplicando o princípio de colher e semear encontrado em toda a Bíblia. “... o que semeia justiça terá recompensa verdadeira” (Provérbios 11:18), enquanto “o que semeia a injustiça segará males” (Provérbios 22:8). Quando vivemos fielmente de acordo com a Palavra perfeita de Deus, deixamos de trazer problemas e decepções desnecessários em nossas vidas. Como o salmista declarou: “De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra” (Salmo 119:9).

Lembrar-se da soberania absoluta de Deus também ajuda. Tudo ocorre por Sua prescrição ou permissão e em perfeita conformidade com Seus propósitos soberanos e caminhos insondáveis (Romanos 11:33). A oração é o reconhecimento final da soberania de Deus. Em meio às nossas provações e decepções, a oração nos fortalece. Foi assim para Moisés (Êxodo 32:11; Números 14:13; 20:6), Davi (Salmo 55:16-17) e Daniel (Daniel 6:10; 9:20-23). E antes que nosso Salvador levasse os pecados do mundo, Ele passou Sua última noite em oração (Mateus 27:36-44; João 17). Agora Ele convida os “cansados e sobrecarregados” a virem a Ele, e Ele nos dará descanso (Mateus 11:28).

Ser um filho de Deus significa que nunca estamos sozinhos em nossas provações (Hebreus 13:5). Deus nos dá a força e a graça de que precisamos para suportar qualquer circunstância e superar qualquer decepção (Filipenses 4:13; Salmo 68:35). Sua paz guardará nossos corações quando nossos olhos permanecem fixados nEle (Filipenses 4:6-7). Se mantivermos a nossa mente em Deus, nada poderá roubar a nossa paz.

English



Voltar à página principal em português

Como posso superar a decepção com a vida?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries