Como posso me tornar um doador mais alegre?


Pergunta: "Como posso me tornar um doador mais alegre?"

Resposta:
Podemos aprender a ser um doador alegre ao estudar o maior doador que este mundo já conheceu: Jesus Cristo. Deixando pra trás as riquezas e a glória do reino celestial, Ele veio à Terra e de bom grado deu a Sua vida para que pudéssemos manter a nossa. Como Deus predestinou que Seus filhos fossem conformados à semelhança de Seu Filho (Romanos 8:29), não pode haver melhor maneira de imitar Jesus Cristo do que dar desinteressadamente do jeito que Ele fez. O próprio Salvador nos disse: "Mais bem-aventurado é dar que receber" (Atos 20:35). A nossa maior motivação, então, para uma doação alegre e generosa deve ser que agrada ao Senhor e reflete Seu dom de salvação a nós.

A segunda carta ao Coríntios revela uma série de verdades inspiradoras que devem nos ajudar a tornar-nos doadores mais alegres. Assim como Paulo admoestou com sabedoria aos coríntios: "E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará" (2 Coríntios 9:6). Esta verdade indelével também foi declarada por Salomão mil anos antes: "Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros... " (Provérbios 3:9-10). E o próprio Cristo nos disse: "dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão.... " (Lucas 6:38). Na verdade, "Ditoso o homem que se compadece e empresta..." (Salmo 112:5).

Este princípio é infalivelmente claro — não podemos dar mais que o nosso Gracioso Criador. Quanto mais damos em serviço do Senhor, o mais obteremos em troca. De fato, o único lugar na Bíblia onde Deus nos convida a testá-lo é Malaquias 3:10, onde está falando sobre as nossas ofertas feitas a Ele: "... e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida." Mais uma vez, as palavras de Salomão ecoam: "A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda. A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado" (Provérbios 11:24-25).

Como Paulo afirmou: "Deus ama a quem dá com alegria" (2 Coríntios 9:7). Dar com alegria, portanto, deve ser um modo de vida para o cristão que entende a graça de Deus. Quando damos generosamente e com um coração disposto, Deus nos assegura de que nos vigiará e providenciará por nossas necessidades (Isaías 58:9; Salmo 41:1-3; Provérbios 22:9; 2 Coríntios 9:8, 11). E precisamos lembrar que não é apenas nosso tesouro que devemos devolver alegremente a Deus. Como o Rei Davi ressaltou, tudo o que temos é de Deus (1 Crônicas 29:14), e isso inclui nossos talentos e nosso tempo também. Já que nossos dias estão contados (Salmos 139:16), nosso tempo realmente pertence a Deus. E todos os dons que temos são também dEle. Portanto, "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus" (1 Pedro 4:10).

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu (João 3:16). Faríamos bem em lembrar que somos salvos porque nosso Deus deu generosamente. Como Seus filhos, somos chamados a ser "a luz do mundo" (Mateus 5:14). Quando confiamos em Deus e honramo-lo generosamente dando do nosso tempo, tesouro e talento, estamos realmente deixando nossa luz brilhar diante dos homens, e nossa bondade refletirá radiantemente no nosso Pai Celestial.

English

Voltar à página principal em português

Como posso me tornar um doador mais alegre?

Assine a pergunta da semana