settings icon
share icon
Pergunta

O que é uma concubina? Por que Deus permitiu que os homens tivessem concubinas na Bíblia?

Resposta


Na Bíblia, uma concubina é uma mulher que vive com um homem como se fosse uma esposa, mas sem ter o mesmo status de esposa. As concubinas na era patriarcal e além ocupavam uma posição inferior – eram esposas “secundárias”. Uma concubina não podia se casar com seu senhor por causa de sua condição de escrava, embora, para ela, o relacionamento fosse exclusivo e contínuo. No início, parece que as concubinas eram usadas para gerar filhos para homens cujas esposas eram estéreis (veja Gênesis 16:1–4). Mais tarde, parece que as concubinas eram mantidas simplesmente por prazer sexual (veja 2 Crônicas 11:21). As concubinas em Israel possuíam alguns dos mesmos direitos que as esposas legítimas, sem o mesmo respeito.

Embora seja verdade que a Bíblia em nenhum lugar condena explicitamente o concubinato, uma condenação pode ser encontrada implicitamente desde o início dos tempos. De acordo com Gênesis 2:21-24, a intenção original de Deus era que o casamento fosse entre um homem e uma mulher, e isso nunca mudou (Gênesis 1:27). De fato, um estudo da vida de homens como o rei Davi e o rei Salomão (que teve 300 concubinas; 1 Reis 11:3) revela que muitos de seus problemas se originaram de relacionamentos polígamos (2 Samuel 11:2-4).

A Bíblia nunca explica por que Deus permitiu que os homens tivessem concubinas. Ele permitiu o divórcio e a poligamia também, embora nenhum dos dois fizesse parte do Seu plano original para o casamento. Jesus disse que Deus permitiu o divórcio por causa da dureza do coração dos homens (Mateus 19:8). Podemos supor que a mesma dureza de coração levou à poligamia e ao concubinato.

Também podemos supor uma razão baseada na cultura da época. As mulheres solteiras nos tempos antigos eram completamente dependentes de seus familiares, como seus pais, irmãos, etc. Se por algum motivo uma mulher não tivesse membros da família ou seu marido tivesse morrido ou se divorciado dela, ela ficaria com poucas opções de sobrevivência. A maioria das mulheres nos tempos antigos não era educada e não era qualificada em um ofício. Sustentar-se era muito difícil, e eram vulneráveis àqueles que as atacavam. Para muitas mulheres em situações terríveis, tornar-se uma concubina era uma opção muito mais adequada do que a prostituição, a falta de moradia ou a morte. Pelo menos o concubinato garantiria um lar e uma certa quantidade de cuidados.

Parece que Deus permitiu o pecado do concubinato, em parte, para prover às mulheres necessitadas, embora certamente não fosse uma situação ideal. O pecado nunca é o ideal. Os cristãos devem ser lembrados de que, só porque Deus permite um pecado por um tempo, isso não significa que Ele esteja satisfeito com isso. Muitas narrativas bíblicas ensinam que Deus pode tomar o que algumas pessoas intendem para o mal e usar isso para o bem (por exemplo, Gênesis 50:20).

English



Voltar à página principal em português

O que é uma concubina? Por que Deus permitiu que os homens tivessem concubinas na Bíblia?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries