O que a Bíblia diz sobre o comprimento do cabelo? Será que os homens têm que ter cabelos curtos e as mulheres têm que ter cabelos compridos?


Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre o comprimento do cabelo? Será que os homens têm que ter cabelos curtos e as mulheres têm que ter cabelos compridos?"

Resposta:
Uma passagem que menciona o comprimento do cabelo no Novo Testamento é 1 Coríntios 11:3-15. A igreja coríntia estava no meio de uma controvérsia sobre os papéis de homens e mulheres e a ordem adequada de autoridade dentro da igreja. Na sociedade coríntia, as mulheres mostravam submissão aos maridos através do uso do véu. Parece que algumas mulheres da igreja estavam descartando seus véus, algo que apenas prostitutas pagãs ou outras mulheres rebeldes fariam. Para uma mulher ir à igreja sem o véu seria desonroso para o marido, além de culturalmente confuso. Da mesma forma, para um homem usar um véu ou de alguma forma ter a cabeça coberta durante a adoração não era culturalmente aceitável em Corinto.

Paul apela à biologia para ilustrar a adequação de seguir os padrões culturais: as mulheres naturalmente têm cabelos mais compridos do que os homens, e os homens são muito mais propensos à calvície. Isto é, Deus criou mulheres com um “véu natural” e homens com uma “cabeça descoberta”. Se uma mulher rejeita a marca de sua submissão (o véu), era como se ela tivesse raspado a sua cabeça (versículo 6). Seu ponto é que, se a cultura diz que uma mulher não deve ser careca (sem sua cobertura natural), então por que ela rejeitaria o mesmo padrão daquela cultura de usar um véu (ficando sem a cobertura cultural)?

Para a parte do homem, não é natural que ele tenha “cabelos compridos” (versículo 14). Seu cabelo é naturalmente mais curto (e mais fino) do que o da mulher. Isso corresponde à tradição coríntia dos homens não usarem uma cobertura na cabeça durante a adoração. Paulo exorta a igreja a se conformar às ideias geralmente aceitas de aparência masculina e feminina.

Embora o comprimento do cabelo não seja o ponto principal desta passagem das Escrituras, podemos colher as seguintes aplicações dela: 1) Devemos aderir aos indicadores de gênero culturalmente aceitos. Os homens devem parecer homens e as mulheres devem parecer mulheres. Deus não está interessado e nem aceita “unissex”. 2) Não devemos nos rebelar contra a cultura apenas por nos rebelar, em nome de algum tipo de “liberdade” cristã. Como nos apresentamos realmente importa. 3) As mulheres devem voluntariamente colocar-se sob a autoridade da liderança masculina da igreja. 4) Não devemos reverter os papéis ordenados por Deus para os homens e mulheres.

Nossa cultura hoje não usa véus ou coberturas de cabeça para indicar submissão à autoridade. Os papéis de homens e mulheres não mudaram, mas a forma como simbolizamos esses papéis muda com a cultura. Em vez de estabelecer padrões legalistas de comprimento do cabelo, devemos lembrar que a verdadeira questão é a condição do nosso coração, ou seja, nossa resposta individual à autoridade de Deus, à Sua ordem ordenada e à nossa escolha de caminhar em submissão a essa autoridade. Homens e mulheres têm papéis diferentes, ordenados por Deus, e parte dessa diferença é demonstrada por seus cabelos. O cabelo de um homem deve parecer masculino. O cabelo de uma mulher deve parecer feminino.

English
Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre o comprimento do cabelo? Será que os homens têm que ter cabelos curtos e as mulheres têm que ter cabelos compridos?

Assine a pergunta da semana