settings icon
share icon
Pergunta

Quais são os cinco solas?

Resposta


Os cinco solas são cinco frases latinas popularizadas durante a Reforma Protestante que enfatizavam as distinções entre os primeiros reformadores e a Igreja Católica Romana. A palavra sola é a palavra latina para “somente” e foi usada em relação a cinco ensinamentos-chave que definiram os apelos bíblicos dos protestantes. Eles são:

1. Sola scriptura: “somente a Escritura”
2. Sola fide: “somente a fé”
3. Sola gratia: “somente a graça
” 4. Solo Christo: “somente Cristo”
5. Soli Deo gloria: “somente para a glória de Deus”

Cada um desses solas pode ser visto tanto como um corretivo para os excessos da Igreja Católica Romana no início da Reforma quanto como uma declaração bíblica positiva.

Sola scriptura enfatiza somente a Bíblia como fonte de autoridade para os cristãos. Ao dizer: “Somente as Escrituras”, os reformadores rejeitaram tanto a autoridade divina do papa católico romano quanto a confiança na tradição sagrada. Somente a Bíblia foi “movida pelo Espírito Santo” (2 Pedro 1:20-21) e “inspirada por Deus” (2 Timóteo 3:16-17). Qualquer coisa ensinada pelo Papa ou na tradição que contradissesse a Bíblia deveria ser rejeitada. Sola scriptura também impulsionou a tradução da Bíblia para o alemão, francês, inglês e outros idiomas, e levou ao ensino da Bíblia nas línguas comuns da época, em vez de em latim.

Sola fide enfatiza a salvação como um dom gratuito. A Igreja Católica Romana da época enfatizava o uso de indulgências (doar dinheiro) para comprar status com Deus. Boas obras, incluindo o batismo, eram vistas como necessárias para a salvação. Sola fide afirmou que a salvação é um dom gratuito para todos os que a aceitam pela fé (João 3:16). A salvação não é baseada no esforço humano ou em boas obras (Efésios 2:9).

Sola gratia enfatiza a graça como a razão da nossa salvação. Em outras palavras, a salvação vem do que Deus fez e não do que fazemos. Efésios 2:8-9 ensina: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.”

Solo Christo (às vezes listado como Solus Christus, “somente Cristo”) enfatiza o papel de Jesus na salvação. A tradição católica romana tinha colocado os líderes da igreja, como os padres, no papel de intercessores entre os leigos e Deus. Os reformadores enfatizaram o papel de Jesus como o nosso “sumo sacerdote” que intercede por nós diante do Pai. Hebreus 4:15 ensina: “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.” Jesus é Aquele que oferece acesso a Deus, não um líder espiritual humano.

Soli Deo gloria enfatiza a glória de Deus como o objetivo da vida. Em vez de nos esforçarmos para agradar os líderes da igreja, manter uma lista de regras ou guardar nossos próprios interesses, nosso objetivo é glorificar o Senhor. A ideia de soli Deo gloria é encontrada em 1 Coríntios 10:31: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.”

Os cinco solas da Reforma Protestante ofereceram um forte corretivo para as práticas e crenças errôneas da época, e continuam relevantes hoje. Somos chamados a nos concentrar nas Escrituras, aceitar a salvação pela graça por meio da fé, magnificar Cristo e viver para a glória de Deus.

English



Voltar à página principal em português

Quais são os cinco solas?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries