O que é a ceia das bodas do Cordeiro?


Pergunta: "O que é a ceia das bodas do Cordeiro?"

Resposta:
Em sua visão em Apocalipse 19:7-10, João viu e ouviu as multidões celestiais louvando a Deus porque a festa das bodas do Cordeiro - literalmente, a “ceia das bodas” - estava prestes a começar. O conceito da ceia das bodas é mais bem compreendido à luz dos costumes do casamento no tempo de Cristo.

Esses costumes do casamento tinham três partes principais. Primeiro, um contrato de casamento era assinado pelos pais da noiva e do noivo, e os pais do noivo ou o próprio noivo pagariam um dote à noiva ou aos pais dela. Isso dava início ao período de noivado. Esse período foi aquele em que José e Maria estavam quando ela engravidou do Espírito Santo (Mateus 1:18; Lucas 2:5).

O segundo passo no processo geralmente ocorria um ano depois, quando o noivo, acompanhado por seus amigos homens, ia à casa da noiva à meia-noite, criando um desfile de tochas pelas ruas. A noiva sabia de antemão que isso aconteceria, e assim estaria pronta com suas donzelas, e todas elas se juntariam ao desfile e acabariam na casa do noivo. Esse costume é a base da parábola das dez virgens em Mateus 25:1–13. A terceira fase era a própria ceia das bodas, a qual podia durar dias, conforme ilustrado pelo casamento em Caná em João 2:1-2.

O que a visão de João em Apocalipse retrata é a festa de casamento do Cordeiro (Jesus Cristo) e Sua noiva (a Igreja) em sua terceira fase. A implicação é que as duas primeiras fases já ocorreram. A primeira fase foi completada na terra quando cada crente colocou sua fé em Cristo como Salvador. O dote pago aos pais do noivo (Deus Pai) seria o sangue de Cristo derramado em nome da Noiva. A Igreja hoje na terra, então, é a “noiva” de Cristo e, como as virgens prudentes da parábola, todos os crentes devem estar observando e esperando pela aparição do Esposo (o arrebatamento). A segunda fase simboliza o arrebatamento da Igreja, quando Cristo vem reivindicar Sua noiva e levá-la para a casa do Pai. A ceia das bodas segue então como o terceiro e último passo. É nossa opinião que a ceia das bodas do Cordeiro acontece no céu entre o arrebatamento e a segunda vinda (durante a tribulação na terra).

Não só a Igreja vai participar da festa de casamento como a noiva de Cristo, mas também outros. Esses "outros" incluem os santos do Antigo Testamento - eles ainda não terão ressuscitado, mas suas almas/espíritos estarão no céu conosco. Como o anjo disse a João para escrever: “Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro” (Apocalipse 19:9). A ceia das bodas do Cordeiro é uma celebração gloriosa de todos os que estão em Cristo!

English
Voltar à página principal em português

O que é a ceia das bodas do Cordeiro?

Assine a pergunta da semana