O que a Bíblia diz sobre casar-se novamente após a morte do seu cônjuge?


Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre casar-se novamente após a morte do seu cônjuge?"

Resposta:
Uma pessoa está livre para casar-se novamente depois de ficar viúvo/a? A Bíblia não fala contra um novo casamento depois que o cônjuge morre; de fato, em alguns casos, até o encoraja (1 Coríntios 7:8-9; 1 Timóteo 5:14). A cultura judaica nos tempos bíblicos também encorajava isso por diferentes razões. Na maioria dos casos, a Bíblia aborda a questão das viúvas e não dos viúvos. No entanto, não há nada dentro do contexto de qualquer uma dessas passagens que nos leve a acreditar que o padrão era específico de gênero.

Dirigir-se principalmente às viúvas provavelmente se dava por três razões. A primeira era que os homens geralmente trabalhavam fora de casa, às vezes fazendo trabalhos perigosos. Os homens nos tempos bíblicos, assim como agora, tinham uma vida média mais curta que suas esposas. Assim, as viúvas eram muito mais comuns que os viúvos.

A segunda razão foi o fato de que as mulheres raramente tinham meios de sustentar a si mesmas e a seus filhos nos tempos bíblicos. Casar-se novamente era o principal meio pelo qual uma viúva recuperaria proteção e provisão para as necessidades de si mesma e de seus filhos. Uma vez que Cristo estabeleceu a Igreja, a Igreja tornou-se responsável pelo cuidado das viúvas sob certas circunstâncias (1 Timóteo 5:3-10).

A terceira questão era que continuar a linhagem familiar e o nome do marido era uma preocupação na cultura judaica. Como resultado, se um marido morresse sem deixar filhos que dessem continuidade a seu nome, seu irmão era encorajado a casar-se com a viúva e fornecer-lhe filhos. Outros homens da família também tinham a opção, mas havia uma ordem adequada na qual cada homem tinha a oportunidade de cumprir ou transmitir essa responsabilidade (veja o livro de Rute para um exemplo disso). Até mesmo entre os sacerdotes (que tinham que seguir um padrão mais elevado), casar-se novamente após a morte de um cônjuge era permitido. No caso dos sacerdotes, existia a condição de que só se casassem com a viúva de outro sacerdote (Ezequiel 44:22). Portanto, com base em todas as instruções bíblicas sobre o assunto, casar-se novamente após a morte de um cônjuge é permitido por Deus.

Romanos 7:2-3 nos diz: "Ora, a mulher casada está ligada pela lei ao marido, enquanto ele vive; mas, se o mesmo morrer, desobrigada ficará da lei conjugal. De sorte que será considerada adúltera se, vivendo ainda o marido, unir-se com outro homem; porém, se morrer o marido, estará livre da lei e não será adúltera se contrair novas núpcias." Mesmo com o divórcio ocorrendo em 50% dos casamentos de hoje, a maioria dos votos de casamento ainda contém a frase "até que a morte nos separe". Esta frase pode não ser especificamente da Bíblia, mas o princípio é bíblico.

Quando um homem e uma mulher se casam, Deus os une como uma só carne (Gênesis 2:24; Mateus 19:5-6). A única coisa que pode quebrar o vínculo matrimonial, aos olhos de Deus, é a morte. Se o cônjuge de uma pessoa morrer, o viúvo/a viúva estará absolutamente livre para se casar novamente. O apóstolo Paulo permitiu que as viúvas se casassem novamente em 1 Coríntios 7:8-9 e encorajou as viúvas mais novas a se casarem novamente em 1 Timóteo 5:14. Casar-se novamente após a morte de um cônjuge é absolutamente permitido por Deus.

English
Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre casar-se novamente após a morte do seu cônjuge?

Assine a pergunta da semana